Carnaval, swing e a Gang Bang “dazamigas”

Existe uma amizade forte entre os casais swinguers que criam uma afinidade em seus gostos, e fantasias, prazeres. Nós temos um grupo de casais que se conhece a muito tempo, frequentam e organizam festas mistas durante todo o ano.

Um certo ano atras decidimos alugar uma casa no carnaval, 4 casais… três loiras e uma morena. Quatro mulheres lindas e cheias de charme em uma casa com piscina, numa praia movimentadíssima do litoral gaucho, imagina… Carnaval 5 dias de folia, amizade, bebida e churrasco, sexo e pegação, nossaaaaa foram bem legais aqueles dias e noites.

Durante o dia, aproveitavamos a piscina, o sol e fazíamos contatos novos para a noite que chegaria, todas as noites tinham solteiros novos e amigos antigos que vinham nos visitar, nós quatro (mulheres) ficamos com a missão de convidar e atrair os boys para nossa casa…

Em especial, conheci um amigo novo… Aquele cara que além de transar comigo e com as minhas amigas, ele deixou claro que não queria ser nosso amigo apenas aquelas noites de carnaval, e sim amigo para todo o resto de nossa vida. Nesse meio swing, existem pessoas que passam pela nossa vida e deixam marcas, boas e ruins….Mas seguindo, corpo lindo, um pau maravilhoso, uma pegada surpreendente, beijo quente, aquela voz no ouvido que enlouquece, uma boca maravilhosa…

Fizemos sexo no salão de festas que tinha ao lado da piscina. No primeiro momento estavam lá no salão somente eu, meu marido e ele… mas em seguida chegou uma das minhas amigas e ficamos nós 4. Como a casa estava sempre recebendo novos amigos, os gemidos do salão de festas eram um convite para o prazer, logo foram chegando todos que estavam na casa, era um verdadeiro tesão aquele salão de festas, enquanto eu estava com meu amigo no sofá, uma das minhas amigas estava com dois homens na mesinha de centro, e no cantinho num colchão improvisado estava minha terceira amiga com mais três. Aquele clima de sacanagem e safadeza tomou conta do nosso primeiro dia de mini férias.

tumblr_lusv0hgy6J1qe3dq2o1_500

Transamos durante alguns minutos (eu e esse amigo especial) e depois fomos pra area da piscina, tomar uma cervejinha e dar um tempo para renovar as energias. Quando retornei ao salão de festas, estavam lá uns 9 amigos, era meio escuro… tinha uma luz colorida giratória em uma tomada no canto, somente aquela luz iluminava as pessoas que estavam ali, puro tesão… Conversavam entre si e sorriam, o som estava alto quase que como numa festa, uma das minhas amigas estava transando com o marido dela no sofá e alguns deles olhavam, outros passavam a mão. Quando eu entrei já fui em direção a outro solteiro que ainda não havia ficado, chupei e sentei no pau dele enquanto isso outro veio e colocou o pau na minha boca, meu marido estava sentado na cadeira bem a minha frente, voyer como ele gosta. Decidi fazer DP , mas como tinham muitos ali naquele momento, fiz um rodizio… kkkkkk cada um comia meu cuzinho um pouco enquanto eu ficava sentada num só amigo. Foi uma delícia!!! Quando eu já estava bem cansada, levantei e chamei minha amiga que estava fumando na beira da piscina. “Help Brenda! Por favor, não estou dando conta mais” hehehehehehe. Amigas são pra essas coisas mesmo!!!

Carnaval inesquecível! Beijos amigosss e amigasss

 

Gang Bang ! A noite no motel

Me deixa feliz lembrar do dia que eu fiz nossa primeira GANG BANG. Depois de formar uma amizade com um grupo de casais swingueiros que gostam de fazer sexo com muitos homens ao mesmo tempo, começamos a frequentar uma festa particular que todo ano é feita em um motel de Porto Alegre, uma festa fechada só entra com nome na lista, com convidados super selecionados pelos casais organizadores essas noites no motel costumam ser inesquecíveis. Depois que fomos convidados conhecemos outros tipos de casais, mais solteiros e outros tipos de preferências e fetiches. Fomos em duas ou três festas no motel e não nos soltamos para o sexo, curtimos o som os amigos, as histórias de cada um, bebemos e assistimos muito sexo pegado, mas nós não fizemos nada, talvez porque toda a mudança requer tempo para que as coisas se encaixem, como nós não frequentávamos esse tipo de festa e nossas preferências eram outras, aquilo ali ainda era “estranho”.

Mas então, depois que ficamos mais íntimos de alguns casais organizadores e que frequentavam essas festas a mais tempo, nos sentimos mais a vontade para nos liberar no famoso gang bang, me senti segura para realizar esse fetiche, que era mais do meu marido que meu, porque todos os solteiros da festa me deixavam a vontade para me soltar.

Certa hora em meio aquele clima de sexo azaração, peguei um amigo pelo braço e fomos para uma das camas, tiramos a roupa e quando estava chupando o primeiro amigo, já chegaram mais dois… eu estava de quatro na cama com um pau na boca, segurando outro e outro do meu lado esquerdo esperando pra ser chupado, nisso veio outro rapaz e lambeu a minha bucetinha e o cuzinho preparando para penetrar em mim, nesse momento eu estava com quatro homens a minha volta e estava adorandoooo!!! O primeiro que lambeu, colocou a camisinha e me comeu fortemente, eu gemia alto e os gemidos atraiam mais “amigos” para minha volta…

O rodízio de amigos me comendo se repetia, todos aqueles quatro sentiram a minha buceta molhada e não tenho ideia de quantos mais, não contei…. Quando eu cansava de ficar de quatro, deitava um amigo sentava encima e os outros vinham com o pau na minha boca para eu chupar… Isso se repetiu duas vezes na noite, nesse momento e logo mais no final da festa em frente a mesa de sinuca, eu escorada com os peitos no veludo da mesa e eles me comendo de pé mesmo, foi um rodizio de homens que metia em mim nessa hora, por final três deles gozaram no meu rosto todo suado com a maquiagem já borrada, foi uma delicia nossa primeira gang bang.

São poucos os casais que curtem e procuram uma gang bang, acho que o principal motivo disso é realmente o machismo por parte de ambas as partes, já que muitos casados ou solteiros costumam buscar na internet fotos e vídeos de sexo grupal ou sexo com mais pessoas, se divertem assistindo sentem prazer, mas lá.. na net e com outras mulheres, porque quando se imaginam ali na cena, com suas mulheres daí a coisa muda… existe o preconceito e os pudores impostos pela sociedade. Sexo é bom e tem que ser experimentado em todas as formas! Eu aqui adoro minhas “gangs” e por muito tempo ainda quero repetir. 😉

 

Menage

 

Como é fascinante saber que podemos realizar nossas fantasias quando e na hora que quiser. Logo depois das experiências que tivemos com troca de casais, partimos então para concretizar o desejo de meu marido, que era me ver transando com outro homem, fomos em busca então do primeiro parceiro!

Partimos em busca de perfil desejado, o que eu gostaria de ter na cama conosco?! Aquele bem dotado, ou aquele saradão, ou aquele com a bunda linda, ou aquele que simplesmente me cantou e ganhou minha confiança? Qual deles se encaixava na nossa busca… Para meu marido não importava que perfil físico tivesse, contando que tivesse o pau grande! Vixe, já para mim precisava que o rapaz ganhasse minha confiança, claro que se todos esses atributos viessem junto no pacote de um bom papo e confiança, a coisa ficava muito mais legal mas como éramos iniciantes, não tínhamos muitos amigos desse meio. Então decidi que nosso parceiro iria ser um antigo amigo.

Começamos então a trocar mensagens pelo computador, e então passei meu numero de telefone celular para ele entrar em contato. Morávamos longe e mesmo assim ele se deslocou da cidade dele até a nossa para termos a nossa primeira noite juntos, primeiro menage dele e nosso… quanta inocência junta! rsrsrsrsr

Quando ele chegou, recebi ele na porta da frente de casa com uma roupinha bem provocante, ficamos na sala por um tempo, nós três conversando… falamos diversos assuntos, desde trabalho até as afinidades sexuais, percebia no seu olhar que ele estava louco de tesão por mim e assim eu me insinuava e provocava mais ainda, bebemos um pouco e então meu marido foi tomar banho.

Ficamos a sós na sala, então não demorou muito e começamos a nos beijar fogosamente, eu me abaixei e abri as calças dele, estava com o pau latejando de tão duro… comecei a chupar gostosamente aquele pau enquanto ele me segurava nos cabelos literalmente fudendo a minha boca. Tirei a minha roupa e ele chupou meus mamilos, ali mesmo na sala ainda… meu marido estava no banho ainda, escutávamos o chuveiro ligado e assim eu levei ele até nosso quarto. ele me chupou, viu que minha bucetinha estava molhada de tesão pela situação, nisso meu marido saiu do banho e veio para o quarto. Enquanto eu chupava o pau gostoso do meu marido, nosso amigo veio, colocou a camisinha e veio me comer, enquanto ele fodia a minha buceta eu chupava meu marido, em meio aquele tesão todo fizemos uma DP (dupla penetração) dei meu cuzinho para o amigo e meu marido me comeu pela frente,  eu de quatro marido embaixo e o amigo por cima de mim, que tesão… o amigo então saiu de traz para dar  lugar para o dono do corpinho.. rsrsrsr meu marido veio e fez aquele sexo anal que ele tanto curte!! enquanto isso nosso amigo gozou na minha boquinha! Ele enchia minha boca de porra e meu marido me comia por traz, que noite! Depois dessa eu nunca mais dispensava um sexo a três, escolhi certo nosso amigo que se saiu muito bem… foi uma noite excitante e muito boa de ser lembrada.

Swing

Swing é um estilo de vida, uma maneira que o casal encontra de viver abertamente seus desejos e fantasias sexuais, casais adultos juntando-se com outros da mesma filosofia para compartilhar amizade e intimidade sexual. Percebo que cada dia aumenta a procura dos casais pelo menage, o desejo de uma terceira pessoa na relação sexual é quase unanimidade, seja ele homem ou mulher, o menage faz a imaginação de muitos casais fluir na hora do sexo.

O respeito e o swing andam juntos.Se você quer iniciar nesse meio tem que estar certo que nada funciona sem o respeito ao próximo, o desejo de um casal não é necessariamente o desejo do outro e mais, o desejo de um casal hoje pode não ser o mesmo desejo de amanhã, uma vez que você vai experimentando sensações novas, essas se renovam. Por isso, seja sempre compreensivo com a fantasia do outro, escute, aceite e respeite a opção de cada um.

Algumas fantasias específicas e mais comuns entre casais:

  • Exibicionismo: Bater fotos e fazer filmagens apenas dos dois (marido e mulher) e espalhar em grupos de whatsapp ou sites de relacionamento até mesmo em perfil criado no facebook, somente para satisfazer o ego dos dois e assim deixar a transa deles mais gostosa. Ostentar o próprio corpo e seu relacionamento.
  • Voyeurismo: Assistir a sua mulher ou o seu marido transar com outra pessoa, ou outras pessoas. Não participar somente olhar e sentir prazer com isso, é mais comum os maridos serem voyeur, até hoje vi duas ou três mulheres gostarem dessa prática.
  • Ménage: A mais comum entre os desejos sexuais secretos do casal, apimentar a transa falando em outra pessoa tocando aqui ou ali no seu corpo talvez seja mais normal do que você pensa. O ménage consiste em “mistura a três” então seja um casal e mais uma pessoa, ou três pessoas solteiras.
  • Gang Bang: Não é tão comum entre os casais essa fantasia, que representa uma cena onde uma mulher mantém relações sexuais com três ou mais homens, um homem mantém relações sexuais com três ou mais mulheres, muito visto em filmes pornográficos. Esta fantasia requer muito diálogo e confiança entre o casal.

Cada fantasia é uma prática diferente, mas o swing abrange tudo isso e disponibiliza aos casais escolhas sexuais que podem fazer sua vida conjugal ser plena, satisfatória e evoluída.