Festa no motel ou em casa de swing?

Já a alguns anos decidimos eu e o Tom frequentar as festas no motel promovidas por um grupo de casais amigos que curtem gang bang e menage, confesso que preferimos hoje em dia ainda, as festas no motel. Isso não quer dizer que não curtimos as casas de swing pelo contrário, além de curtir bastante ainda indicamos para os novos casais e solteiros que iniciem indo a uma, porque existem mais benefícios do que malefícios iniciar no meio conhecendo uma casa.

Assim como todos os empreendedores e comerciantes, as casas de swing também tiveram que passar por modificações em sua estrutura e sua administração depois do desenvolvimento rápido e constante da internet. As mensagens de whatsapp ou SMS tornaram tudo mais fácil e acessível, fica muito mais pratico hoje marcar um encontro sem precisar do intermédio das casas de swing, como era a tempos atrás, por esse motivo também a interação entre as pessoas, conversar mesmo pessoalmente ficou menos comum, uma vez que existem casais e solteiros que preferem escrever do que falar olhando olho no olho (isso é em tudo).

Só que para manter uma casa de swing em pé, funcionando com tudo em cima e depender de um público muito variado e que está sempre em constante renovação é uma tarefa muito difícil, por isso talvez algumas casas comecem a pecar em alguns pontos que são fundamentais para a fidelização dos bons swinguers. Cobrar preços muito caros nas bebidas, prometer cortesias e não cumprir, deixar a desejar no som, não caprichar muito na limpeza principalmente na parte dos quartos, não ter uma pessoa disponível para ser a anfitriã da festa aquela que vai apresentar o lugar caso chegue um novato, são detalhes que vão fazendo com que a gente perca o interesse de voltar a frequentar e assim buscar outras alternativas para realizar nossas fantasias.

Há ainda casas de swing que em uma tentativa de chamar mais publico, colocam garotas de programa para se exibir na pista e no pole, dão cortesias a travestis e transexuais para chamar a atenção de casais e solteiros com outros tipos de fantasias, não menos gostosas diga-se de passagem. Mas isso faz com que a maioria dos casais de swing raiz se afaste e então procure por outras alternativas de festas, como as de motel.

As festas no motel são sempre mais objetivas, pra começar que uma suíte para encontros grandes em motel, giram em torno de 70 a 80 pessoas de lotação máxima o que já é bastante gente, mas fazendo um encontro com no máximo 50 pessoas já é uma delicia!! Mais objetiva, mais aconchegante e com mais pessoas em comum, a festa tende a ser mais comunicativa, o organizador já convidou e fez uma lista com homens e mulheres que provavelmente compartilham dos mesmos interesses então isso facilita para o esquentar do clima. Sobre os preços de festas no motel, isso pra mim é praticamente igual… o que realmente diferencia ambas as festas são as pessoas.

Lembrando que existem casas de swing que proporcionam festas exclusivas assim como as de motéis e que quando acontecem são S E N S A C I O N A I S!

Escolher entre frequentar uma festa no motel ou uma casa de swing vai depender exclusivamente de você e de suas preferências, tanto uma como a outra são organizadas e movimentadas por pessoas ou grupos, então escolha bem em qual você quer se encaixar e aproveite para transar e gozar muito!!

Beijoss da Aline!!

 

Podemos confiar nos amigos do swing?

Assim como na vida social de cada um, o meio swing também nos pega de surpresa certas horas com falsas amizades e excesso de superioridade. Muitas pessoas estão fazendo do swing um meio de complementar renda ou em alguns casos até o seu trabalho o famoso “ganha pão”, mas para que você viva do trabalho swing é preciso ter muita experiência, ser empreendedor, estar sempre ligado em novas estratégias e manter-se atualizado nos tipos de aventuras, desejos sexuais e casais que estão na mídia que você vai poder tirar vantagem no seu negócio.

Mas esse post não é para as pessoas que querem viver do swing até porque eu teria que contratar um coach para me especializar totalmente sobre o assunto. Estamos no swing para realizar fantasias sexuais, ter liberdade no relacionamento, ser um personagem em alguns casos e viver a vida apreciando e conhecendo os prazeres da luxuria e não para causar picuinhas, inimizades e constrangimentos para o grupo de amigos que convivemos ou para os casais que formos conhecer, isso deixamos para nossa vida cotidiana e social que é inevitável que em certos momentos que aconteça.

Criar um vinculo de amizade, uma afinidade aqui e ali com algumas pessoas no swing é fundamental para que você consiga transar do jeito que você gosta com mais freqüência, então manter essas amizades é quase que uma obrigação. O problema é quando aquele amigo ou aqueles amigos que você considera começam a tentar tirar vantagem financeira para “complementar renda” organizando festas a preços altos e fugindo do real intuito do swing, que é única e exclusivamente o sexo.

Os convites que chegam a você começam a não ser apenas por querer ter a sua presença na festa ou curtir uma noite ardente de sexo com mais pessoas, os convites começam a ser só para ter mais um pagante e ainda há aqueles organizadores que tiram vantagem promovendo a festa em cima da sua imagem, convidando os outros anunciando que tal casal da mídia vai estar. Isso pessoal não é um julgamento de que está certo ou errado ser feito, é só uma exposição de como acontece e que temos que estar preparados para saber diferenciar o que o casal quer curtir, do que o casal está sendo influenciado a curtir, nós casal Aline e Tom só queremos curtir a festa com muito sexo e prazer fazer amizades dentro do swing sim e quem sabe podermos comemorar aniversários de um jeito que muitos casais gostariam mas não tem essa liberdade que nós do swing temos.

Saber separar as amizades para sexo e festas das amizades que querem só mais um número para ganhar vantagem é uma tarefa difícil, e você só vai saber fazer com algum tempo de experiência no meio. Portanto priorizem sempre o seus desejos e os seus prazeres, aquilo que o casal quer… que faz vocês terem delírios, quando saberem vão ter a certeza de que festa curtir e com quem vão compartilhar esse prazer.

Boas amizades a todos…

Camisinha no swing… Usa ou não usa?

Sabe aquela festa gostosa, aquela noite que está tudo se encaminhando para ficar na história das suas vidas, você vê o cara flerta com ele seduz, dança se aproxima começam a conversar e por fim decidem sair juntos para finalizar a noite a sós com muito sexo safado…

Então isso acontece muito todos os dias e com muita gente por aí, e até então beleza tudo certo, mas quando você chega lá no quarto do motel e percebe que não tem camisinha ou não tem camisinha suficiente?! Sim, porque você não vai para o motel com uma gata ou um gato pensando em dar umazinha só né?! Então sempre tenha mais no seu carro.

Gente isso é muito comum e não deveria ser, preservativo tem que fazer parte da sua bolsa ou carteira assim como o documento de identidade não é só uma questão chata a ser discutida, é prioritariamente uma questão de saúde! Desde quando usar camisinha no swing ou fora dele é besteira??

Somos do swing e posso afirmar que a grande maioria dos casais e solteiros swingueiros que frequentam a muito tempo o meio usam preservativo em todas as suas festas. Essa é uma pergunta que recebo frequentemente entre os leitores e pessoas que conheço pessoalmente em festas e pelo site de relacionamento no qual temos perfil. Simmm!! A camisinha é importante e fundamental, uma sugestão que eu faço aos homens que querem pegar todas as mulheres casadas que estão com vontade é procurar e comprar a camisinha que mais agrada o seu grande “amigo”. Tenho alguns fatores importantes que vão fazer você homem se sentir mais a vontade com a camisinha:

  1.  Comprar a camisinha do seu gosto, vai dar mais confiança naquele momento que você tira ela do bolso pra colocar. Isso passa segurança para o parceiro(a) também e nada mais excitante que a mulher achar que está totalmente protegida nos braços do boy.
  2. Abuse do mercado de preservativo!! Tem camisinha com gosto de tequila, caipirinha, frutas, chocolate e até neon que vai fazer o seu pau parecer a espada do He Men… bom humor também é muito excitante e pode fazer alguém se apaixonar.
  3. Uma camisinha improvisada ou aquela do motel pode fazer você broxar na hora que você está tentando coloca-la. Isso é comum e muito frequente, acredito que quebra o clima na hora que você levanta, procura a camisinha, rasga a embalagem e tenta descobrir o lado para colocar, dai aquela borracha apertada parece que vai degolar o pau, quando vê pronto já broxou… Por isso, leve a sua de costume de casa!
  4. TROQUE A CAMISINHA HOMEM, quando você está na suruba e tem mais que uma mulher por favor homens lindos!!! Cada mulher vai ser devorada com uma camisinha diferente, não é porque você está protegido que vai poder ir metendo em todo buraco que conseguir ver… respeite a suruba!! rsrsrsrs

Não se envergonhe de comprar camisinhas para deixar na sua bolsa, vá na farmácia e compre algumas de gostos bem inusitados que você queira provar, deixe lá junto com seu kit de maquiagem que você carrega junto com sua carteira e não esqueça… sempre leve uma plus ou extra G, vai saber se não vai ser hoje que você vai encontrar aquele pau maravilhoso grosso e grande que faz sua calcinha molhar só de imaginar!!!

Sejamos despejados, conscientes e avançados…