A infidelidade dos swingueiros!

Há evidências fortes que a dor de uma traição é uma das piores que existem, essa dor de traição faz com que tudo ao seu redor perca sentido, todos os problemas são mínimos e  nunca mais na sua vida você vai conseguir confiar naquela pessoa que te traiu, se é um namoro ele se desfaz, se vocês estão apenas se conhecendo e ainda não engataram um relacionamento firme, ele simplesmente não começa, agora se é um casamento e acontece a traição daí o problema é um pouco mais complexo, ainda mais se nesse casamento existem filhos.

E mesmo tendo esse risco de sermos traídos ou trair, porque ainda sim nos relacionamos com alguém ao ponto de querermos um compromisso sério? Porque todo o ser humano foi concebido para amar, nós precisamos amar e ser amado e dentro do amor existem infinitas sensações… sexo, tesão, carinho, química e por aí vai a imaginação.

Acredito que a maioria das pessoas no mundo já passaram por um episódio de traição, ou foram traídas ou traíram, então muita gente vai se identificar com esse sofrimento. Existem pessoas que traem as outras por ter uma carência de alguma coisa em si próprio, não tem a ver com o parceiro, porque o relacionamento está bom, a outra pessoa é super legal, existe paixão mas o suposto “traidor” não consegue ser fiel porque ele sempre busca algo que foge do seu controle. E existem traições de momento, que geralmente ocorrem quando o seu relacionamento já não está tão bom assim.

O interessante é quando acontece a traição dentro do swing. Em um relacionamento totalmente aberto a sexo com mais pessoas, ainda sim existe a traição no swing, já conheci casais que se separaram por esse motivo, casais que decidiram continuar juntos mas com algumas mudanças no tipo de festas que faziam.

O fato é que quando evidencia a química do sexo entre duas pessoas, mesmo estando em um relacionamento aberto, isso faz com que você queira ter momentos a sós, privacidade e estando no swing muitas vezes você não quer contar para o parceiro que gostou muito de transar com fulano ou beltrano, com medo de que vá magoar ou que o parceiro não queira mais frequentar, ou até que perca a confiança em você, daí surge a ideia de dar uma fugidinha ou só um encontro com aquela criatura que faz você gozar só em lembrar….

As vezes se caracteriza realmente só uma fugidinha, mas quando perde-se o controle e os encontros foram duas, três ou dez vezes acho melhor parar e refletir sobre a maneira que você vai conduzir o seu casamento e a sua parceria com ele no swing, porque ser swingueiro é ter um relacionamento evoluído onde tudo pode e nada é obrigatório e trair a confiança de seu parceiro não será nada legal.

Quem disser que nunca quis repetir uma transa inesquecível está sendo hipócrita, mas sendo swingueiro não tente esconder do parceiro, porque depois que você trair e o outro descobrir, você pode estar jogando fora sua vida swinguer e não vai ter valido a pena, pode apostar!

Beijosss da Aline!

Safadas, gostosas e o grupo de whatsapp

Assim como a maioria das pessoas ou quase a totalidade do mundo virtual hoje, eu estou em um grupo de whatsapp rsrsrsrs, só que esse grupo obviamente é mais “quente” que os grupos normais, somos em 9 mulheres casadas, safadas e bemmm putas (com todo respeito) hehehehhehe.

Resolvi falar sobre nossas conversas do grupo, simplesmente porque hoje estávamos trocando uma ideia sobre os últimos homens que fizemos sexo e eu percebi o quanto é gostoso poder conversar abertamente com amigas que você confia plenamente! O mundo swing tem essa vantagem que o mundo social hipócrita não tem. Nós mulheres casadas, bem estruturadas no nosso relacionamento, temos a liberdade e confiança de poder conversar e trocar experiência sobre TODOS os assuntos que quiser, tirar duvidas, falar sobre as festas, sobre nossa família, nossos medos, sobre nossas inseguranças e ainda mais… falar sobre os bofes mais gostosos, com os maiores paus, aquele que mais teve pegada, indicar um amigo, compartilhar do amigo recém conhecido e assim cultivar uma boa amizade, além de que já chupei algumas delas.

Nos grupos sociais sem estar no mundo swing, tem muita gente que gostaria de fazer sexo com seu marido, ou aquele cara que dá encima de você sempre mas que você não pode contar porque vai ser uma confusão total, enfim… os grupos de pessoas do swing, costumo dizer que são muito mais honestos e “corretos” do que os outros casais de amigos que você tem, simplesmente pelo fato de que se o amigo swinguer quer comer a sua esposa, ele vai falar abertamente, e você vai saber… diferente daquele seu amigo do trabalho por exemplo.

Essa amizade que eu cultivo nesse grupo de 9 amigas, é muito importante pra mim. Com elas eu posso trocar as minhas experiencias e admirar as delas, nós juntas fazemos festas inesquecíveis sempre regadas de muitas risadas, carinho, compreensão e sexo… muito sexo!

Hoje falamos de amigos novos como eu não pude sair essa noite passada, elas relataram a noite que tiveram com amiguinhos novos, mostraram fotos falaram sobre a pegada deles, se valeu ou não a pena, se eram bonitos ou só tinham o pau gostoso, se gostam de transar no quarto aberto ou somente no quarto com chave… sim, porque cada uma gosta de satisfazer suas fantasias da sua maneira, e todas somos diferentes. Sabe aquela  curiosidade de todo homem em saber o que conversamos no banheiro?! Então, é o assunto que rola no nosso grupo de whatsapp, e pode ter certeza que as conversas de banheiro não chegam nem perto das nossas declarações quentes e safadas no nosso grupo! Um brinde a nossa amizade colorida!!!

brinde

Adoro vcs mulheres maravilhosas, beijossss