Festa no motel ou em casa de swing?

Já a alguns anos decidimos eu e o Tom frequentar as festas no motel promovidas por um grupo de casais amigos que curtem gang bang e menage, confesso que preferimos hoje em dia ainda, as festas no motel. Isso não quer dizer que não curtimos as casas de swing pelo contrário, além de curtir bastante ainda indicamos para os novos casais e solteiros que iniciem indo a uma, porque existem mais benefícios do que malefícios iniciar no meio conhecendo uma casa.

Assim como todos os empreendedores e comerciantes, as casas de swing também tiveram que passar por modificações em sua estrutura e sua administração depois do desenvolvimento rápido e constante da internet. As mensagens de whatsapp ou SMS tornaram tudo mais fácil e acessível, fica muito mais pratico hoje marcar um encontro sem precisar do intermédio das casas de swing, como era a tempos atrás, por esse motivo também a interação entre as pessoas, conversar mesmo pessoalmente ficou menos comum, uma vez que existem casais e solteiros que preferem escrever do que falar olhando olho no olho (isso é em tudo).

Só que para manter uma casa de swing em pé, funcionando com tudo em cima e depender de um público muito variado e que está sempre em constante renovação é uma tarefa muito difícil, por isso talvez algumas casas comecem a pecar em alguns pontos que são fundamentais para a fidelização dos bons swinguers. Cobrar preços muito caros nas bebidas, prometer cortesias e não cumprir, deixar a desejar no som, não caprichar muito na limpeza principalmente na parte dos quartos, não ter uma pessoa disponível para ser a anfitriã da festa aquela que vai apresentar o lugar caso chegue um novato, são detalhes que vão fazendo com que a gente perca o interesse de voltar a frequentar e assim buscar outras alternativas para realizar nossas fantasias.

Há ainda casas de swing que em uma tentativa de chamar mais publico, colocam garotas de programa para se exibir na pista e no pole, dão cortesias a travestis e transexuais para chamar a atenção de casais e solteiros com outros tipos de fantasias, não menos gostosas diga-se de passagem. Mas isso faz com que a maioria dos casais de swing raiz se afaste e então procure por outras alternativas de festas, como as de motel.

As festas no motel são sempre mais objetivas, pra começar que uma suíte para encontros grandes em motel, giram em torno de 70 a 80 pessoas de lotação máxima o que já é bastante gente, mas fazendo um encontro com no máximo 50 pessoas já é uma delicia!! Mais objetiva, mais aconchegante e com mais pessoas em comum, a festa tende a ser mais comunicativa, o organizador já convidou e fez uma lista com homens e mulheres que provavelmente compartilham dos mesmos interesses então isso facilita para o esquentar do clima. Sobre os preços de festas no motel, isso pra mim é praticamente igual… o que realmente diferencia ambas as festas são as pessoas.

Lembrando que existem casas de swing que proporcionam festas exclusivas assim como as de motéis e que quando acontecem são S E N S A C I O N A I S!

Escolher entre frequentar uma festa no motel ou uma casa de swing vai depender exclusivamente de você e de suas preferências, tanto uma como a outra são organizadas e movimentadas por pessoas ou grupos, então escolha bem em qual você quer se encaixar e aproveite para transar e gozar muito!!

Beijoss da Aline!!

 

Sou solteiro e quero transar com as casadas!

Eu quero participar do mundo swing! Eu gostaria de transar com casais! Como faço para sair com uma casada?

Dúvidas frequentes que recebo por e mail ou whatsapp e pra falar bem a verdade são difíceis de responder, primeiramente porque cada pessoa tem um jeito de pensar e uma maneira de agir mas podemos tentar seguir uma linha de comportamentos para ter sucesso na conquista da mulher, vou falar em específico para os solteiros.

Você amigo solteiro que tem entre 18 e 25 anos (salvo raríssimas exceções) não sabe nada ainda sobre uma vida conjugal, sobre os desafios que um casal tem no seu dia a dia em sua vida social, com essa idade o que você tem que saber é quantas cadeiras da faculdade quer fazer, qual o carro que vai comprar ou trocar, qual festa vai ir no final se semana, quanto pode gastar e muito importante! Se você tem uma namorada, tem prioridade em faze-la feliz e satisfazer os desejos sexuais dela, ser fiel ao relacionamento que você tem com ela e se dentro desse relacionamento surgir a ideia ou conversa sobre um menage aí sim meu amigo você vai se realizar. Mas se mesmo assim você quiser participar do mundo swing, tenha cuidado e paciência.

Um solteiro que não namora está livre na pista frequentando baladas e tem um grupo de amigos parceiros procura, inevitavelmente, sexo sem compromisso e é aí que o swing entra nas conversas. Um encontro na casa de alguém, algumas cervejas e o assunto vem a tona… – ” Cara, conheci uma mulher casada que transa com um monte de homens e o marido sabe…” Pronto! O assunto ta na roda e agora quem tiver mais curiosidade e maturidade vai saber digerir a informações e procurar ou não essa tal mulher, ou um lugar que possa encontrar mais delas, um monte delas… já pensou que paraíso?

O homem maduro seja ele qual idade estiver sabe prontamente como abordar e conversar com qualquer mulher, seja ela casada ou solteira, do swing ou fora dele. Mas para quem não tem nenhuma experiência dentro do swing, chegar em uma casa de swing ou fazer um perfil no site de relacionamento requer algumas observações que vai fazer você ter sucesso nas futuras amizades e transas inesquecíveis.

  • Seja educado, não fale grosserias do tipo comparar alguma parte do corpo dela com a parte de algum animal “que bunda de égua” “que peitos de vaca” “que anca” gente… parece mentira, mas recebo elogios assim! Isso além de ser totalmente fora de uma cantada é broxante para a maioria das mulheres, porque há quem goste em algum lugar do mundo, porque do contrário não daria certo nunca… Será que alguma vez deu certo?!
  • Para um perfil de relacionamento swing, use fotos atraentes e não somente do seu “companheiro” fotos só de pau não despertam o interesse nas mulheres, nós queremos ver mais de vocês… suas mãos, sua boca são instigantes e fazem termos curiosidade de ver o resto.
  • Se você tem um perfil no site de relacionamento e está querendo sair com as mulheres que você julga serem interessantes, faça comentários nos posts visualize as fotos e curta, se faça presente nas atualizações e na primeira oportunidade de estar na mesma festa que ela se apresente, saia do virtual e seja direto…
  • Se você for a alguma festa de swing, encontro com mais casais e solteiros e chegar no “vamo ve” sentir que o clima esquentou que vai rolar sexo na frente de todo mundo e não se sentir a vontade, broxar… não se preocupe! É mais comum do que você pensa os solteiros não se soltarem de primeira, ou talvez não se soltarem nunca para sexo assim pra todo mundo ver, isso não quer dizer que você é ruim de cama ou broxa, isso pode querer dizer que você prefere uma suruba ou um sexo mais particular. E se mesmo assim, sozinho num quarto de motel com um casal você não funcionar, daí talvez você não sirva para o swing… mas isso só com alguns encontros mal sucedidos você vai saber, não desista de primeira.
  • Se a vontade do cara é transar com mais mulheres somente, sem marido sem mais solteiros tipo uma exclusividade, você o rei da mulherada então procure somente as solteiras, nas festas elas estão sempre lá desfilando beleza e simpatia, as mulheres solteiras também existem no site mas são em menos quantidade.

Assim como numa conquista pelo whatsapp,um flerte na cafeteria ou uma cantada na fila do banco ganhar a confiança e a atenção de uma mulher requer educação e criatividade, no swing não é diferente a questão é que as casadas vão vir sempre com o marido junto e você tem que ter segurança e tesão para realizar as fantasias deles e se beneficiar com isso.

Espero ter ajudado vocês homens maravilhosossssss

 

Sem frescura, eu vou transar com você!

Me encanta o clima da noite a empolgação de se arrumar para sair, pensar em cada detalhe do look da maquiagem, dar uma conferida no sapato melhor e nem sempre o mais confortável, tomar um banho bem gostoso passar o hidratante no corpo escolher o perfume….

Finalmente sair de casa para se divertir e torcer para que a noite seja boa o suficiente para valer cada momento de preparação, a sensação que a noite baladeira traz é de flerte, namoro e sexo admito que adoro essas três coisas.

Na ultima sexta, eu fiz toda essa preparação para sair torcendo para que a festa não me decepcionasse. Saímos para uma festa swing, em uma casa de swing que frequentamos e gostamos de ir, apesar de a maioria de nossos amigos não frequentarem tão assiduamente essa casa, nós temos um casal de amigos que promove festas lá que são nossos amigos reais, aquele tipo de casal que você quer ter perto sempre e se eu for começar a falar deles não vou chegar no real sentido desse post de hoje, rsrsrrs (eu amo vocês Luxuria e Ostentação)

Mas então a festa não me decepcionou, lotada e cheia de gente bonita estava todo mundo se divertindo, bebendo e se conhecendo sem hipocrisia. Estava eu escorada no bar quando avistei 3 rapazes novos e visivelmente “virgens” do meio swing, bem tímidos eles conversavam entre si perto do pole dance quando eu chamei a promoter da festa e falei -“Precisamos ajudar esses rapazes!” Fomos então lá e nos apresentamos, então eu tive a certeza, eles não eram solteiros do swing, eram curiosos que moravam em outro estado e estavam lá pra saber e entender como os casais se divertem na noite liberal.

A primeira pergunta deles para mim foi -” Como funciona isso aqui?!” Com paciência fui resumindo para eles o tipo de fantasia que cada casal poderia ter, alguns gostam do dark room, outros transam somente nos quartos privados com chave, tem aqueles que gostam das cabines onde as pessoas de fora podem espiar mas a intenção de todas as pessoas que vem aqui é fazer sexo, vocês podem interagir com os casais ou com as mulheres e jogar abertamente com eles porque se elas gostarem de vocês, sem sombra de duvidas vocês poderão ir transar lá no andar de cima. Flertar é livre a sedução é sempre bem vinda, só uma coisa que eu não gosto nas pessoas tanto lá na noite quanto na vida social é a mentira…

Mentir faz com que o enganado crie esperanças falsas, ou acredite em uma história ilusória, isso não é bom para ninguém e não faz ninguém crescer como pessoa, eu poderia ter mentido para aqueles rapazes virgens na festa sexta e dizer que ali todas as mulheres eram putinhas e que eles poderiam chegar em qualquer uma que teriam sexo gostoso, mas eu preferi resumir que cada casal tem sua fantasia e que era importante eles saberem em qual delas poderiam se encaixar.

Não precisa haver mentira ou falsas palavras e frases no meio swing, uma vez que estamos ali para se divertir e se libertar do cotidiano tão corrido e exaustivo que estamos vivendo, falar uma inverdade para alguém no meio da transa na tentativa de agradar ou despertar mais tesão vai lhe causar constrangimento depois, porque a mentira tem perna curta mais ainda depois que você goza.

Seja verdadeiro sempre com seus parceiros, faça muito sexo mas não invente mentiras na tentativa de agradar… Se o sexo for gostoso ele vai se repetir naturalmente, tesão por alguém estimula a auto estima e deixa tudo mais colorido.

Uma semana de muito tesão para todos vocês… Beijosssss

Eu vou fazer você gozar…

A nossa preocupação em satisfazer o outro na hora da relação sexual não pode ser um incomodo e também não pode deixar de existir. Precisamos saber até que ponto nós precisamos fazer a outra pessoa gozar

Quando estamos sozinhos com outra pessoa em um quarto de motel, ou em nossas casas o tesão de estar com aquele cara que tanto trocamos mensagens ou whatsapp está a flor da pele, basta um olhar ou um toque, um beijo quente pra estourar aquela vontade toda de ficar pelada, chupar e lamber fazer aquele sexo gostoso que fica em nossos pensamentos por dias, e não adianta tentar disfarçar ou fazer de conta que esqueceu porque é só lembrar daquele momento que os corpos se encostam que os calafrios vem, as pernas contraem e até o couro cabeludo arrepia, e quando isso acontece gozar é só o êxtase da situação, é o topo do monte Everest e essa subida não é desgastante nem doída, a gente vai pra lá correndo e cantando sem fazer esforço.

Exatamente esse momento de sexo gostoso e sem complicações, sem frescuras infelizmente é muito raro, tem muita coisa que precisa dar certo e acontecer para que tenhamos uma transa assim de ficar no pensamento. Normalmente no meio swing, o sexo acontece para satisfazer uma fantasia de alguém, então precisa de muita combinação para que todas as pessoas envolvidas saiam digamos “satisfeitas”, mas quando o universo conspira a favor, é SENSACIONAL.

A coisa que mais me realiza no sexo é ver o homem gozar, acho que isso é bem comum entre todos, tanto homem quanto mulher se satisfaz em ver o parceiro no topo da subida, mas esse meu desejo de fazer isso acontecer não pode ser um encomodo e nem uma condição para que o sexo aconteça, tem que ser natural… e se não acontecer não quer dizer que a transa foi ruim, só indica que fatores múltiplos externos estão junto ali com vocês pelados.

É comum assistir os homens gozando no swing, é bem raro ver as mulheres… porque mulher precisa de mais que penetração, mulher precisa de toque, cheiro, massagem e as vezes até carinho e ali no meio da cama grande com quase 10 homens na tua volta querendo só penetrar, precisa de muito tesão pra isso acontecer. Então homens solteiros e casados, lá na festa swing tente satisfazer as suas fantasias e seus prazeres, e se você encontrar alguém que faça questão de ter mais tempo sozinhos, troque contato e vão se encontrar a sós em um quarto.

Ali na casa de swing a fila anda;

Ninguém está procurando amor estão buscando sexo, prazer e com sorte vocês encontraram amigos;

Se jogue na transa de o seu melhor, para que o outro pense que vai conseguir gozar;

Não force ninguém a fazer o que ela não quer;

Saia para o swing com intenção de gozar, deixe o desejo de fazer o outro ter um orgasmo para quando vocês estiverem a sós e com mais intimidade, assim você vai conseguir satisfazer mais pessoas e terá oportunidade de ter aquele sexo gostoso inesquecível.

Beijossss pessoal!

 

Vou largar o meio, serei um ex swinguer…

Durante o decorrer do nosso tempo de casal swinguer, já conhecemos muita gente muitos casais casados, casais de namorados, solteiros, casais inventados só para matar a curiosidade de conhecer uma balada liberal, pessoas com fantasias sexuais bem peculiares e algumas digo até bem estranhas rsrsrsrsr.

Uma coisa nesse tempo todo é fato e certeza, não existe ex swinguer…. Tenho amigos solteiros que conheci a 5 anos por exemplo e que vão e vem na minha agenda com números de celular diferentes porque começam a namorar, colocam fora aquele numero e somem, ficam anos em um namoro são fiéis mas quando acaba pegam a agenda antiga e procuram quem?! Aquelas mulheres casadas que já encontraram em algum momento no swing, vocês amigas que estão lendo esse post agora, tenho certeza que vão se familiarizar com esse caso.

Conheço casais que eram felizes em suas vidas de swing, eram ótimos na cama mas infelizmente por motivos pessoais vieram a se divorciar, mas nem por isso largaram o swing. Cada um seguiu a sua vida liberal solteiro ou tentando achar uma cara metade que curtisse também o meio, isso porque o mundo liberal é excitante…

“Vamos sair do meio, não fazemos mais swing!”, até hoje não conheci nenhuma pessoa que cumpriu essa frase, rsrsrsrs. Isso porque swing vem linkado a prazer, sexo, liberdade e satisfação então tentar deixar para traz uma experiência tão cheia de atributos é como desaprender a andar de bicicleta… quase impossível!

Portanto ex swinguer é uma lenda é como ex jogador de futebol, por mais ruim que ele tenha sido na sua vida profissional ativa, ele sempre vai ser lembrado por ter sido de algum time…

 

Quero uma noite de sexo pegado!

Uma das dúvidas mais frequentes que tenho recebido dos leitores, é como encontrar pessoas, casais ou solteiros, que queiram a mesma coisa que eles. Tem bastante gente legal por aí que já conversou com seu parceiro, combinou o que fazer, qual a fantasia que querem realizar e agora precisam dar o passo decisivo e fazer as fantasias acontecerem, e como vamos fazer isso?

Eu parto do princípio que a decisão inicial de vocês é ir a uma casa de swing. Se você não curte balada, musica alta, aquele clima escuro e envolvente da night, mesmo assim sem curtir, vocês tem que ir pra ter a experiência. Lá nas casas, vai ter gente para todo o tipo de festinha e com certeza alguém que estará lá vai ter a mesma fantasia sexual que vocês.

Chegar na casa de swing ir para um canto do bar, ficar abraçado com seu parceiro e não interagir com as pessoas também não vai resolver muito.Se você é meio tímido procure a promoter da festa que ela com certeza vai encontrar uma maneira de te entrosar com algum outro casal que também é mais quietinho, tem pessoas nas casas que estão lá para isso, fazer com que os novos integrantes se sintam bem e conheçam as pessoas. Vale dizer que mesmo que você não encontre ninguém que lhe oriente, ou não queira conversar com ninguém somente observar, explore todos os ambientes da casa, o dark room, o labirinto, as suítes privativas, as cabines olhe tudo… enquanto você observa a casa e as pessoas, tem casais ou solteiros que também estão observando vocês.

Depois que decidirem ir, estando lá dentro da casa, com todo aquele clima de sedução, sexo e fantasias, tudo pode acontecer e então vou listar (a pedido de alguns solteiros) como devemos chegar nos casais.

  • Visualizou aquela mulher linda e sabe que é um casal, tenha respeito em primeiro lugar, e cumprimente os dois (marido e esposa).
  • Se apresente com um nome de pessoa, não apelido que vocês usam em alguns sites de relacionamento swing, a não ser que o apelido seja bacana, porque tem muitos que tem um codinome horrível tipo “quero sexo” “como você” “comedor” “casalfudedor”, mesmo que você não queira se apresentar agora com o nome que está em sua identidade, se apresente como João e Maria que fica mais decente.
  • Se o casal te ignorar, não insista! Parta para outra.
  • Não convide de primeira para o sexo, observe se o casal está no clima de transar, ou está somente curtindo a noite e buscando novos amigos… mas se eles te derem bola, vá com tudo! Quando o casal quer um solteiro ele espera pegada do mesmo.
  • Leve sempre a camisinha de sua preferência, porque se você chegar lá na hora H e tiver que pedir para os outros, aff queridoooo! eu acho isso broxante além de que é coisa de homem despreparado.
  • Se você é casal e quer chegar em outro casal, antes de convidar para o sexo, vocês tem que conversar sobre o que é a fantasia dos 4 envolvidos, a sua pode ser só observar sua mulher e a fantasia do outro casal pode ser fazer a troca… então nesse caso alguém vai sobrar, e não é legal. Deixe sempre bem claro o que você quer curtir.

Tendo sempre um pouco de bom senso você vai longe, casais e solteiros que querem sexo, querem mesmo transar vão encontrar lá dentro da casa de swing o parceiro(s) ideal e talvez o inicio de relacionamentos picantes e muito duradouros.

Muuitooo sexo pra vocês genteee.

 

Dicionário do Swing…

Achei interessante esse vocabulário que foi escrito no blog abaixo.

Certo de que cada região cria sua própria maneira de se expressar e conversar, gírias e palavras que são específicas de cada parte desse Brasil, essas são as principais maneiras que encontramos de nos entender entre os casais e solteiros swinguers.

via vocabulário do swing | Blog Swing Marina e Marcio

9 Mentiras e 1 Verdade sobre o swing!

Verdades e mentiras do mundo do swing! Ouço muitos iniciantes falar sobre swing de uma maneira equivocada, hoje em dia já está muito comum ouvir e compartilhar informações desse meio, principalmente por causa dos grupos de whatsapp, uma imagem, propaganda ou até um link de blog como esse meu pode entrar em um grupo e se espalhar na web com muita rapidez e assim todos acham que sabem falar de sexo swing, menage e tudo que envolve o sexo em grupo com toda a convicção. Mas não é bem assim não pessoal! Pra ser swinguer tem que viver o swing, nada como a experiência pra poder distinguir o que é verdade do que é mentira!

9 Mentiras e 1 verdade….

  1. Lá na casa de swing, todo mundo fica pelado transando com todo mundo na cama maior.
  2. Quem faz swing salva o casamento.
  3. Eu adoro bi-feminino, ficamos só com mulheres porque meu marido tem fantasia de me ver só com mulheres (mentira em 90% dos casos) PS. A fantasia e o interesse tem que ser do casal e não só do marido…
  4. Todo mundo que vai na casa de swing ganha um roupão na porta para ficar a vontade durante a noite toda.
  5. A troca de casais acontece facilmente, é só eles se conhecerem que já vão marcar um encontro pra transar.
  6. Todo mundo é amigo nas casas de swing, as pessoas se conhecem trocam informações umas das outras e não existe preconceito do gosto e fantasia de fulano ou beltrano.
  7. Ninguém sente medo do que os outros vão pensar.
  8. Todo mundo que é do meio swing é bonito, corpo escultural se cuida, mantém higiene e não usam camisinha.
  9. O casal que faz swing nunca se separa.

x2014-737293084-2014072762976.jpg_20140812.jpg.pagespeed.ic.2MT8JCrMzC

E finalmente a única verdade!!

  • Quem faz swing raiz, seleciona com quem quer sair pelas afinidades do casal, ninguém é forçado a nada, tudo é permitido mas nada é obrigatório. Uma vez que há um entendimento entre o casal, eles fazem sexo com quem e quantos quizerem, existindo tesão e um bom acordo, tudo é possível. Posso dizer que há fases da vida do casal que proporciona mais vontade de ir a casas de swing, tem vezes que é melhor uma festa particular do que a balada liberal.

Como tem gente falando de swing e sexo por aí como se fossem os donos da verdade, acho um pouco precipitado falar de assuntos que você não tem total conhecimento, por isso…. antes de sair espalhando boatos que ouviram nos grupos de whatsapp, é importante tentar compreender e respeitar a decisão de cada um.

Muitos beijos quentes da Aline.

Nosso pretinho básico !! Sexo a três

O final de semana chega e sempre existe aquela vontade de sair, de fazer algo, de se divertir, se descontrolar. Pois bem, hoje eu estou sozinha em casa, marido tem compromisso no final de semana inteiro e não poderemos curtir o find como gostaríamos.

Por esse motivo me recordo de uma sexta feira em que decidimos ir conhecer uma casa de swing em Porto Alegre que nossos amigos já haviam ido e falado muito bem. Realmente, a casa é ótima, infraestrutura muito boa, garçons atenciosos e muito bonitos também,  estava lotada e no centro da pista tem dois pole dances , tudo muito elegante! O labirinto das cabines é muito excitante, meia luz em algumas partes e totalmente escuro no quarto maior onde cabem muitas pessoas. Em todas as cabines existem furos porque quem está dentro pode fazer um showzinho pra quem está espiando de fora… isso leva algumas pessoas ao delírio! Na parte superior da casa tem dois quartos privados, o casal pode querer ter o seu espaço particular com os escolhidos ou escolhidas sem quem as pessoas de fora vejam… por isso existe esse espaço privado também em quase todas as casas.

Passado as apresentações das acomodações da casa, eu e ele fomos pegar uma bebida e ficar assistindo na pista algumas esposas que se sentem muito a vontade para dançar no pole totalmente peladas, uma loucura… Muitas delas beijam e lambem outras esposas ali mesmo no pole e quando saem dali tem sempre muitos rapazes prontos para ataca-las! rsrsrsrsr, mas nem sempre acontece, as vezes as esposas gostam mesmo é de se pegarem entre si e curtem só um bi feminino.

De longe então eu percebi “ELE” aquele que faria a minha noite mais satisfatória, digamos assim, reparei então que ele correspondeu meus olhares e veio até nós. Sem se apresentar ou chegar muito perto ele ficou quieto ali acho que uns 3 metros de distancia de nós esperando que eu ou meu marido déssemos uma abertura para que ele se aproximasse. Comentei então com o marido “achei um menage…” na hora então o marido perguntou ” será só um hoje?” rsrsrsrsr

Passamos então por ele e fomos para o labirinto, sem falar nada eu passei em frente dele me insinuando e suavemente me encostando no seu corpo… quente! Ele então veio atraz de nós como quem tivesse entendido o recado. Pegamos uma cabine meia luz na esquerda do labirinto, entramos nós 3 tiramos toda a roupa e eu comecei a chupar ele, marido por enquanto ficou assistindo e batendo punheta do meu lado, horas eu olhava pra ele com aquele olhar safado de quem queria mais, ele adora! Então “ELE” me chupou e começou a me comer, enquanto me comia eu chupava meu marido, escutava os gemidos da cabine do lado e aquilo deixava o clima mais ardente. Com força nosso novo amigo seguia penetrando na minha bucetinha agora comigo em posição “V” ao contrário, pés e mãos no chão, NOSSAA! Depois disso fizemos um sexo anal e para finalizar os dois gozaram bem gostoso na minha boca… Que noite!

Ao termino de tudo isso então perguntei seu nome, tomamos mais uma bebida juntos, trocamos contato, já indiquei ele para várias amigas casadas e solteiras, depois desse dia ele já participou de inúmeras festas conosco e com nossos amigos, ele me chama carinhosamente por “madrinha” pois diz que fui eu quem mostrei o verdadeiro swing para ele. Me sinto lisonjeada com esse carinho.