Seja aberto a novas experiências sem culpa e sem neuras, mas se você tem medo de acabar se apaixonando pelo parceiro extra então precisamos conversar sobre o assunto.

Paixões podem acontecer no meio swing, porque estamos abertos e expostos a pessoas desconhecidas, mas o importante para que sua relação dure em meio a esse monte de sensações e prazeres é saber administrar o relacionamento e até que ponto o casal precisa disso para viver bem e se sentir feliz.

Mas é muito comum se confundir nos sentimentos, por isso para entrar no swing o casal precisa estar bem no seu casamento, porque se já não vai lá aquela coisa toda e você joga seu parceiro no meio dos leões cheios de fome, é inevitável que algum problema pode surgir. Já vi casais se separarem por traição, em um meio em que tudo é aberto um para o outro, pode-se transar com quem quiser na frente do seu companheiro porque trair? Isso acontece quando a química do sexo é tão boa que você quer ter um momento privado com aquela pessoa e desafia tudo para ter, depois que tem quer repetir e daí vem a suposta paixão e quando vê já foi… traição é cruel e muito dolorosa.

As pessoas podem se apaixonar porque o sexo foi gostoso, foi ardente, aquela pele quente e suada não saiu da sua cabeça, a maneira com que ele ou ela subiu pra cima de ti e te fez gozar, o jeito que ele ou ela encostou no seu pescoço, enfim… as sensações fazem com que sua cabeça fique dias relembrado aquele momento que você se apaixonou pela pessoa. Saber administrar essas sensações de paixão e a sua vida de AMOR com seu parceiro é onde está o medo dos casais. Tenha a certeza de que a vida conjugal de vocês dois não depende do swing para se sustentar, mas se a paixão por alguém que transou bem vier converse com seu parceiro… A verdade sempre é a melhor forma de resolver os problemas, juntos vocês irão achar um caminho para amenizar essa paixão e torna-la somente uma lembrança quente.