Peguei o policial! Fiz do limão uma limonada.

Final de ano é uma correria pra todo mundo, vem natal e fazemos uma lista com nomes de parentes e amigos para comprar os presentes, é uma loucura nas lojas e comércios em geral, parece que toda a população da nossa cidade quer sair na mesma hora e fazer a melhor negociação na compra das suas lembrancinhas.

E além de tudo isso ainda tem a ceia de natal, onde vai ser, o que vamos levar, decoração da casa, reunião da família, amigo oculto, confraternização no grupo do futebol, no trabalho, no grupo das amigas safadas, enfim! Chego a ficar exausta só de relembrar, quando passa isso tudo a gente se pergunta como conseguiu né?!

Mas em meio a toda essa muvuca de natal, nós aqui ainda temos que pensar em finalizar o ano da melhor forma possível no quesito festa de swing, e foi aí que eu entro com a história de hoje!

Estou eu em meio a burocracia exaustiva do meu trabalho, com a cabeça afundada no planejamento de final de ano, e quando menos espero recebo uma visita inesperada de policiais que estavam fazendo o seu trabalho aqui no bairro. Fui solicitada a dar alguns esclarecimentos básicos e sem nenhum problema fui atende-los, eis que então como boa observadora (safada) eu reparei dois deles, um moreno e um castanho claro.

Na oportunidade que pude ficar sozinha com um deles, o moreno, dei uma cantada enquanto ele preenchia um documento com meus dados pessoais, quando ele pediu um numero para contato, passei meu numero de celular e avisei olhando em seus olhos “esse é o meu numero particular” com um sorrizinho bem ousado eu não tive dele o retorno que gostaria, acabei desistindo de conquista-lo.

Mas o outro policial estava vindo em minha direção, fazia calor ele suava com aquela farda, também pedindo meus dados pessoais eu pensei: “nossa, imagino suando assim encima de mim.” Quando ele chegou próximo,  me chamando a atenção sobre uma câmera de segurança que estava mal posicionada me disse: “É bom a senhora deixar no local correto, porque amanhã eu não estarei aqui para fiscalizar” Respondi na hora olhando bem em seus olhos “Mas poderia vir fiscalizar…” daí sim tive o retorno que eu esperava, ele sorriu pra mim meio sem jeito mas me dando abertura.

No outro dia, com o nome do soldado na minha cabeça, liguei para a base onde ele trabalha e com muito jeitinho consegui o numero de celular dele. Chamei ele no whatsapp e logo de cara percebi que ele tinha gostado do corpinho aqui e que dali poderia rolar o sexo que iria finalizar meu ano no swing, só tinha um porém, ele não é um cara swingueiro, estava achando que eu como mulher casada iria trair meu marido me encontrando com ele, mal sabia ele que o Tom estava torcendo para que nosso encontro desse certo e nós dois tivéssemos muita historinha pra contar no pé do ouvido um do outro.

Marcamos de nos encontrar no motel depois da meia noite de um sábado, sabe aqueles dias que tu está com MUITO tesão, acho que cada mulher percebe o dia que está com um vulcão em erupção dentro do estômago, e foi num dia assim que ele me pegou. Perguntei o nome dele no motel, porque até então eu só sabia o “nome de guerra” e quando nos beijamos, mais tesão ainda eu senti por aquele homem. Enquanto transávamos, eu mandava áudio para o Tom que estava em casa delirando com meus gemidos.

maxresdefault

Gente! Que sexo gostoso que fizemos, de todas as posições que vocês imaginam, quando me recordo daquela madrugada minha boca saliva meu coração bate mais rápido e minha calcinha molha de tesão, e o melhor é quando chego em casa e tenho tudo pra contar e fazer meu marido delirar.

Em meio a essa tensão que é o final de ano, consegui fazer literalmente do limão uma deliciosa limonada!! E que limonada, daquelas de beber bem devagarinho.

Que venha 2018 com muitas histórias de sexo e tesão para nós swingueiros e adeptos. Beijoss pessoal!! E muito obrigada por me seguirem, minhas histórias são para vocês!!

 

O tesão da festa no motel! A cereja do bolo…

Quando a gente volta da festa totalmente acabada, cansada e um tantinho bêbada… é porque vai ter muita coisa pra relembrar no outro dia, muita história boa de muito sexo e talvez alguns amigos novos que não deu tempo de conhecer melhor e que agora vamos fazer de tudo pra ter um dia ou noite exclusivo pra eles… que delicia!

Parece que o dia posterior à festa, depois que acordamos o tesão é ainda maior ou o tesão continua igual sei lá, mas essa sensação boa e excitante do outro dia é muito bacana e dá pra pirar relembrando dos momentos, se masturbar é quase uma regra… quem nunca?! Os comentários no grupo de whatsapp sobre a festa, sobre você, quem transou com quem, ou com quantos transaram fazem a gente quase não desgrudar do celular pra não perder nenhuma frase dita.

Mas porque o tesão continua? Será que não transei o bastante? Será que não gozei o suficiente? Nada disso pessoal, é porque está muito recente ainda aquelas horas de prazer e quanto mais a festa foi boa, mais em êxtase você vai estar. A Serotonina responsável por fazer com que você se sinta importante e a Dopamina “mediadora do prazer” foram colocados no seu corpo em doses gigantescas então se prepare, se você for um casal vai ter muito sexo ainda e se você for solteiro, trate de arrumar um parceiro(a) porque só a punheta não vai resolver, rsrsrsrsrs.

A festa desse final de semana pra nós foi inesquecível, não tinha nada programado para irmos, eu até tinha visitas importantes para receber na minha casa, do nosso convívio social, mas desmarcaram de ultima hora e devido a muitos outros fatores que deram certo nós conseguimos confirmar presença com o casal organizador, assim de ultima hora. Essas festas no motel são as nossas preferidas, o grupo de pessoas é seleto a suite é ótima (já conhecemos a mais de 6 anos) e sempre parecem mais aconchegantes. Mas em especifico nessa festa de sábado passado, nós não conhecíamos o grupo inteiro, somente algumas pessoas e foi muito legal poder interagir e conhecer pessoas novas.

Chegamos ainda cedo, e na chegada cumprimentamos todos que já haviam chegado, nos apresentamos e escolhemos nosso cantinho pra ficar observando, de cara já vi que ia ser uma festa boa o clima era agradável, as pessoas receptivas a musica estava ótima de escutar o som bem limpo e dava pra conversar sem gritar. Os homens eram bonitos e educados, mas eu estava mesmo por ficar com uma mulher, fazia bastante tempo que não chupava uma bucetinha e tava achando que aquele dia seria o ideal, e foi!

Após algum tempinho e algumas tequilas, tirei a minha saia e fiquei só de calcinha dançando e rebolando a minha bunda para um solteiro que acabara de conhecer pessoalmente, já havíamos nos falado pelo whatsapp, mas a oportunidade de nos conhecer ao vivo foi aquele dia, felizmente! Havia outros amigos solteiros por perto com quem eu flertava e cobiçava sabendo que dali a frente iria estar sem roupa com eles. O tesão começou a subir em temperatura extrema então eu e o solteiro fomos para o canto da sinuca, um espaço que tem na suite com uma mesa de bilhar, tava escurinho eu tirei minha calcinha e recebi um oral deliranteeee daquele homem gostoso! Um ótimo inicio…

Saindo dali peguei alguns amigos solteiros, talvez quatro, e fui para uma das camas chupei muito pau gostoso naquele momento, um deles tinha um pau grosso e grande e meteu todo no meu cuzinho, em meio a muitas gemidas pedi a eles que metessem em todos os meus buracos (como na série Ninfomaníaca) e daí fiz uma DP bem pegada enquanto meu marido colocava o pau dele na minha boca, que delicia de foda, dois deles gozaram na minha boca e depois de algum tempo eu pedi pra sair, rsrsrsrs dar uma caminhada, me recompor.

4622

Mas a cereja do bolo foram as bucetinhas que chupei, duas esposas lindas que eu só conhecia virtualmente, mas que valeram toda a espera! Uma delas eu chupava enquanto meu marido fodia ela com toda a força que ela pedia… depois que me deliciei com o gosto dos dois, deixei eles sozinhos na cama transando enquanto o marido dela assistia. A outra loira linda que fiquei, estava na cama com o marido e mais dois amigos solteiros cheguei e logo que percebi que era ela pensei ” é hoje que vou te chupar” enfiei minha cabeça no meio das pernas dela e vou dizer gente, que mulher gostosa!! Ela rebolava e esfregava a bucetinha na minha língua como quem estava delirando com o meu oral e eu estava adorandoooo!!!

Saímos da festa mais tarde que esperávamos, e mais tarde do que costumamos ir embora, mas valeu muito cada minuto! Chegando em casa, meu marido me comeu bem forte relembrando o que tínhamos feito e me fez gozar como poucas vezes! Daí imagina né, o outro dia foi só pra se recuperar e ficar com mais tesão…

Que venham mais noites como essa! Beijoss da Alinee

 

 

 

 

Não curti o casal!! O que eu faço agora?

Pois é minha gente quando os interesses são os mesmos as pessoas se aproximam, isso é concreto e em qualquer parte de nossas vidas. Você já acordou em um dia normal do cotidiano, foi até a cozinha e percebeu que estava precisando comprar gás, pegou o numero que provavelmente está colado na geladeira e ligou para que entregassem na sua casa, esperou que a tele-entrega chegasse para colocar o gás lá para você, pagou agradeceu e seguiu sua vida, o interessante nessa simples historinha é o seguinte: vocês só se aproximaram porque um estava precisando do gás e o outro estava querendo vende-lo, havia um interesse mútuo para que toda essa logística acontecesse.

Aqui no swing não é diferente dessa pequena metáfora, as pessoas se aproximam por interesses iguais se eu gosto de fazer festa com solteiros, gang bang eu vou procurar amizades que curtam o mesmo prazer, porque não teria sentido eu me aproximar de casais que só queiram fazer troca de casal já que esse não é mais um desejo sexual nosso. Mas mesmo não me vinculando diretamente com casais que queiram troca de casal, nós tentamos ser educados, simpáticos e receptivos a eles porque o casal que quer troca tem esse fetiche e fantasia e devemos respeita-lo e deixar claro que essa não é a nossa praia.

O que causa estranhamento e dúvidas entre alguns casais e solteiros é a maneira com que aquela pessoa ou aquele casal que parecia ser tão bacana, bom papo, depois que acontece o sexo se afasta… apaga o numero da agenda ou bloqueia no whatsapp, na minha opinião teriam dois motivos mais concretos para essa pessoa ou casal que parecia ser tão demais na noite anterior agora de manhã simplesmente desapareceu.

 

  1.  Não foi tão demais assim para eles: a noite pode ter sido ótima para você, gozou transou muito, comeu ou foi comida se satisfez, fez o que pode para agradar e dar prazer aos outros parceiros, nada de errado com você… apenas a fantasia ou fetiche dos outros não era aquilo ali que você estava sentindo, e para não serem inconvenientes ou mal educados eles foram até o fim.
  2. Alguém sentiu ciúmes: Sim gente no caso de casal, alguém ali pode ter sentido um ciuminho de um momento só na transa, algum toque ou palavra que foi dita que despertou a insegurança de alguém. Dou exemplo da esposa que ficou com a pulga atrás da orelha quando viu que o marido chamou a outra de “tesão” de um jeito que ele tinha que dizer só pra ela…. quando chega em casa tem DR e qual é a primeira decisão?! ” Ta bem amor, vou excluir o numero deles pra ti ver que pra mim só foi sexo, que eu amo mesmo é só tu…” e aí babou, você foi removido da lista como se tivesse colocado o gás na cozinha e acabado o serviço.

Mas a não afinidade entre as pessoas para sexo pode acontecer por inúmeras razões, não gostou do cheiro, não curtiu a maneira com que ele tratou alguém, não achou legal o cabelo, achou baixinho ou baixinha, ou simplesmente não deu tesão… cada pessoa é única e seus pensamentos são diversos, difícil mesmo é encontrar alguém que pense exatamente como você, é quase uma missão impossível.

Talvez por isso a maioria tente ser educado, gentil, simpático exclusivamente para ficar uma boa impressão caso os interesses não sejam os mesmos para sexo naquele momento, porque a gente nunca sabe quando vai precisar trocar o gás da cozinha…

Beijos da Aline!!

Sou solteiro e quero transar com as casadas!

Eu quero participar do mundo swing! Eu gostaria de transar com casais! Como faço para sair com uma casada?

Dúvidas frequentes que recebo por e mail ou whatsapp e pra falar bem a verdade são difíceis de responder, primeiramente porque cada pessoa tem um jeito de pensar e uma maneira de agir mas podemos tentar seguir uma linha de comportamentos para ter sucesso na conquista da mulher, vou falar em específico para os solteiros.

Você amigo solteiro que tem entre 18 e 25 anos (salvo raríssimas exceções) não sabe nada ainda sobre uma vida conjugal, sobre os desafios que um casal tem no seu dia a dia em sua vida social, com essa idade o que você tem que saber é quantas cadeiras da faculdade quer fazer, qual o carro que vai comprar ou trocar, qual festa vai ir no final se semana, quanto pode gastar e muito importante! Se você tem uma namorada, tem prioridade em faze-la feliz e satisfazer os desejos sexuais dela, ser fiel ao relacionamento que você tem com ela e se dentro desse relacionamento surgir a ideia ou conversa sobre um menage aí sim meu amigo você vai se realizar. Mas se mesmo assim você quiser participar do mundo swing, tenha cuidado e paciência.

Um solteiro que não namora está livre na pista frequentando baladas e tem um grupo de amigos parceiros procura, inevitavelmente, sexo sem compromisso e é aí que o swing entra nas conversas. Um encontro na casa de alguém, algumas cervejas e o assunto vem a tona… – ” Cara, conheci uma mulher casada que transa com um monte de homens e o marido sabe…” Pronto! O assunto ta na roda e agora quem tiver mais curiosidade e maturidade vai saber digerir a informações e procurar ou não essa tal mulher, ou um lugar que possa encontrar mais delas, um monte delas… já pensou que paraíso?

O homem maduro seja ele qual idade estiver sabe prontamente como abordar e conversar com qualquer mulher, seja ela casada ou solteira, do swing ou fora dele. Mas para quem não tem nenhuma experiência dentro do swing, chegar em uma casa de swing ou fazer um perfil no site de relacionamento requer algumas observações que vai fazer você ter sucesso nas futuras amizades e transas inesquecíveis.

  • Seja educado, não fale grosserias do tipo comparar alguma parte do corpo dela com a parte de algum animal “que bunda de égua” “que peitos de vaca” “que anca” gente… parece mentira, mas recebo elogios assim! Isso além de ser totalmente fora de uma cantada é broxante para a maioria das mulheres, porque há quem goste em algum lugar do mundo, porque do contrário não daria certo nunca… Será que alguma vez deu certo?!
  • Para um perfil de relacionamento swing, use fotos atraentes e não somente do seu “companheiro” fotos só de pau não despertam o interesse nas mulheres, nós queremos ver mais de vocês… suas mãos, sua boca são instigantes e fazem termos curiosidade de ver o resto.
  • Se você tem um perfil no site de relacionamento e está querendo sair com as mulheres que você julga serem interessantes, faça comentários nos posts visualize as fotos e curta, se faça presente nas atualizações e na primeira oportunidade de estar na mesma festa que ela se apresente, saia do virtual e seja direto…
  • Se você for a alguma festa de swing, encontro com mais casais e solteiros e chegar no “vamo ve” sentir que o clima esquentou que vai rolar sexo na frente de todo mundo e não se sentir a vontade, broxar… não se preocupe! É mais comum do que você pensa os solteiros não se soltarem de primeira, ou talvez não se soltarem nunca para sexo assim pra todo mundo ver, isso não quer dizer que você é ruim de cama ou broxa, isso pode querer dizer que você prefere uma suruba ou um sexo mais particular. E se mesmo assim, sozinho num quarto de motel com um casal você não funcionar, daí talvez você não sirva para o swing… mas isso só com alguns encontros mal sucedidos você vai saber, não desista de primeira.
  • Se a vontade do cara é transar com mais mulheres somente, sem marido sem mais solteiros tipo uma exclusividade, você o rei da mulherada então procure somente as solteiras, nas festas elas estão sempre lá desfilando beleza e simpatia, as mulheres solteiras também existem no site mas são em menos quantidade.

Assim como numa conquista pelo whatsapp,um flerte na cafeteria ou uma cantada na fila do banco ganhar a confiança e a atenção de uma mulher requer educação e criatividade, no swing não é diferente a questão é que as casadas vão vir sempre com o marido junto e você tem que ter segurança e tesão para realizar as fantasias deles e se beneficiar com isso.

Espero ter ajudado vocês homens maravilhosossssss

 

Sem frescura, eu vou transar com você!

Me encanta o clima da noite a empolgação de se arrumar para sair, pensar em cada detalhe do look da maquiagem, dar uma conferida no sapato melhor e nem sempre o mais confortável, tomar um banho bem gostoso passar o hidratante no corpo escolher o perfume….

Finalmente sair de casa para se divertir e torcer para que a noite seja boa o suficiente para valer cada momento de preparação, a sensação que a noite baladeira traz é de flerte, namoro e sexo admito que adoro essas três coisas.

Na ultima sexta, eu fiz toda essa preparação para sair torcendo para que a festa não me decepcionasse. Saímos para uma festa swing, em uma casa de swing que frequentamos e gostamos de ir, apesar de a maioria de nossos amigos não frequentarem tão assiduamente essa casa, nós temos um casal de amigos que promove festas lá que são nossos amigos reais, aquele tipo de casal que você quer ter perto sempre e se eu for começar a falar deles não vou chegar no real sentido desse post de hoje, rsrsrrs (eu amo vocês Luxuria e Ostentação)

Mas então a festa não me decepcionou, lotada e cheia de gente bonita estava todo mundo se divertindo, bebendo e se conhecendo sem hipocrisia. Estava eu escorada no bar quando avistei 3 rapazes novos e visivelmente “virgens” do meio swing, bem tímidos eles conversavam entre si perto do pole dance quando eu chamei a promoter da festa e falei -“Precisamos ajudar esses rapazes!” Fomos então lá e nos apresentamos, então eu tive a certeza, eles não eram solteiros do swing, eram curiosos que moravam em outro estado e estavam lá pra saber e entender como os casais se divertem na noite liberal.

A primeira pergunta deles para mim foi -” Como funciona isso aqui?!” Com paciência fui resumindo para eles o tipo de fantasia que cada casal poderia ter, alguns gostam do dark room, outros transam somente nos quartos privados com chave, tem aqueles que gostam das cabines onde as pessoas de fora podem espiar mas a intenção de todas as pessoas que vem aqui é fazer sexo, vocês podem interagir com os casais ou com as mulheres e jogar abertamente com eles porque se elas gostarem de vocês, sem sombra de duvidas vocês poderão ir transar lá no andar de cima. Flertar é livre a sedução é sempre bem vinda, só uma coisa que eu não gosto nas pessoas tanto lá na noite quanto na vida social é a mentira…

Mentir faz com que o enganado crie esperanças falsas, ou acredite em uma história ilusória, isso não é bom para ninguém e não faz ninguém crescer como pessoa, eu poderia ter mentido para aqueles rapazes virgens na festa sexta e dizer que ali todas as mulheres eram putinhas e que eles poderiam chegar em qualquer uma que teriam sexo gostoso, mas eu preferi resumir que cada casal tem sua fantasia e que era importante eles saberem em qual delas poderiam se encaixar.

Não precisa haver mentira ou falsas palavras e frases no meio swing, uma vez que estamos ali para se divertir e se libertar do cotidiano tão corrido e exaustivo que estamos vivendo, falar uma inverdade para alguém no meio da transa na tentativa de agradar ou despertar mais tesão vai lhe causar constrangimento depois, porque a mentira tem perna curta mais ainda depois que você goza.

Seja verdadeiro sempre com seus parceiros, faça muito sexo mas não invente mentiras na tentativa de agradar… Se o sexo for gostoso ele vai se repetir naturalmente, tesão por alguém estimula a auto estima e deixa tudo mais colorido.

Uma semana de muito tesão para todos vocês… Beijosssss

Vou largar o meio, serei um ex swinguer…

Durante o decorrer do nosso tempo de casal swinguer, já conhecemos muita gente muitos casais casados, casais de namorados, solteiros, casais inventados só para matar a curiosidade de conhecer uma balada liberal, pessoas com fantasias sexuais bem peculiares e algumas digo até bem estranhas rsrsrsrsr.

Uma coisa nesse tempo todo é fato e certeza, não existe ex swinguer…. Tenho amigos solteiros que conheci a 5 anos por exemplo e que vão e vem na minha agenda com números de celular diferentes porque começam a namorar, colocam fora aquele numero e somem, ficam anos em um namoro são fiéis mas quando acaba pegam a agenda antiga e procuram quem?! Aquelas mulheres casadas que já encontraram em algum momento no swing, vocês amigas que estão lendo esse post agora, tenho certeza que vão se familiarizar com esse caso.

Conheço casais que eram felizes em suas vidas de swing, eram ótimos na cama mas infelizmente por motivos pessoais vieram a se divorciar, mas nem por isso largaram o swing. Cada um seguiu a sua vida liberal solteiro ou tentando achar uma cara metade que curtisse também o meio, isso porque o mundo liberal é excitante…

“Vamos sair do meio, não fazemos mais swing!”, até hoje não conheci nenhuma pessoa que cumpriu essa frase, rsrsrsrs. Isso porque swing vem linkado a prazer, sexo, liberdade e satisfação então tentar deixar para traz uma experiência tão cheia de atributos é como desaprender a andar de bicicleta… quase impossível!

Portanto ex swinguer é uma lenda é como ex jogador de futebol, por mais ruim que ele tenha sido na sua vida profissional ativa, ele sempre vai ser lembrado por ter sido de algum time…

 

Eu tenho o whatsapp dele, mas não consigo chamar pra transar!

Desejo incontrolável, vontade repentina, tesão! Olhar para uma pessoa e visualizar o momento com ela, “amor a primeira vista”?! Aff isso não existe, quero falar em QUIMICA a primeira vista…

Quem aqui nunca teve a sensação de olhar uma pessoa e pensar, “uau! que isso, que pessoa é essa?!” e a pele arrepiar na hora, a pulsação aumentar e sem perceber comprimir as pernas. São sentidos que aguçam quando a gente se interessa por alguém, agora imaginem todas essas sensações podendo ser vividas sem hipocrisia e no lugar certo… Sim, acho que descrevi um pouco do que as casas de swing podem proporcionar a nós do swing.

Se você tem dúvidas ainda de que lá na casa de swing é o melhor lugar para iniciar suas fantasias em grupo, agora você pode ter certeza! Infelizmente vivemos ainda em uma sociedade que esconde seus prazeres, tem muita gente cheia de pudores por aí e se você ta afim de se soltar, cair na farra, ter uma noite livre… conheça uma casa de swing com seu parceiro.

Mas não é sobre casas de swing meu post de hoje, fizemos aniversário de casamento semana passada e como presente dessa união pude escolher uma pessoa pra fazer um menage, tá nenhuma novidade nisso eu sei, a sacada foi que eu pude sair sozinha numa noite normal, numa balada normal, e lá escolher uma pessoa que não é do nosso convívio swing, flertar e convidar pra transar a três… Legal né?! Poder fazer tudo isso sendo casada!! A questão é que eu desejei o homem mais difícil da festa, aquele que me deu arrepio quando eu olhei nos olhos dele e ele nos meus, o menos acessível, um homem público que está sempre ocupado e não é papo de quem quer me descartar não gente, ele realmente é cheio de compromissos com a vida particular mas não é casado, caso contrário já tinha desistido.

1481893b2d07f760458908424066

Com algumas tentativas me aproximei de um amigo dele, que me deu bola já de primeira, fui comendo pelas beiradas e consegui o numero do whatsapp do bendito homem que me chamou a atenção, mas já antecipo que não rolou nada naquela noite, estou desde então mandando mensagens e cantadas pra ver se ele cai na minha rede, oh homem difícil caros leitores!! Mas uma coisa eu sei, se ele não estivesse gostando das minhas investidas, ele já tinha me bloqueado no whatsapp. Ele responde minhas mensagens quando sobra tempo, na maioria das vezes a noite quando chega em casa, acha graça de algumas palavras que eu digo e eu sinto que ele se interessa por mim.

Meu tesão por ele só aumenta, nosso presente de casamento ainda não chegou mas eu gosto de presentes surpreendentes e acho que com toda essa dedicação no objetivo, to exercitando a arte da paciência, que eu realmente tenho pouca! rsrsrsrsrs

Fiquem ligados se vou conseguir esse homem gente!! Quando acontecer eu escrevo em detalhes o nosso sexo…

Muitos beijos da Aline!!!

 

9 Mentiras e 1 Verdade sobre o swing!

Verdades e mentiras do mundo do swing! Ouço muitos iniciantes falar sobre swing de uma maneira equivocada, hoje em dia já está muito comum ouvir e compartilhar informações desse meio, principalmente por causa dos grupos de whatsapp, uma imagem, propaganda ou até um link de blog como esse meu pode entrar em um grupo e se espalhar na web com muita rapidez e assim todos acham que sabem falar de sexo swing, menage e tudo que envolve o sexo em grupo com toda a convicção. Mas não é bem assim não pessoal! Pra ser swinguer tem que viver o swing, nada como a experiência pra poder distinguir o que é verdade do que é mentira!

9 Mentiras e 1 verdade….

  1. Lá na casa de swing, todo mundo fica pelado transando com todo mundo na cama maior.
  2. Quem faz swing salva o casamento.
  3. Eu adoro bi-feminino, ficamos só com mulheres porque meu marido tem fantasia de me ver só com mulheres (mentira em 90% dos casos) PS. A fantasia e o interesse tem que ser do casal e não só do marido…
  4. Todo mundo que vai na casa de swing ganha um roupão na porta para ficar a vontade durante a noite toda.
  5. A troca de casais acontece facilmente, é só eles se conhecerem que já vão marcar um encontro pra transar.
  6. Todo mundo é amigo nas casas de swing, as pessoas se conhecem trocam informações umas das outras e não existe preconceito do gosto e fantasia de fulano ou beltrano.
  7. Ninguém sente medo do que os outros vão pensar.
  8. Todo mundo que é do meio swing é bonito, corpo escultural se cuida, mantém higiene e não usam camisinha.
  9. O casal que faz swing nunca se separa.

x2014-737293084-2014072762976.jpg_20140812.jpg.pagespeed.ic.2MT8JCrMzC

E finalmente a única verdade!!

  • Quem faz swing raiz, seleciona com quem quer sair pelas afinidades do casal, ninguém é forçado a nada, tudo é permitido mas nada é obrigatório. Uma vez que há um entendimento entre o casal, eles fazem sexo com quem e quantos quizerem, existindo tesão e um bom acordo, tudo é possível. Posso dizer que há fases da vida do casal que proporciona mais vontade de ir a casas de swing, tem vezes que é melhor uma festa particular do que a balada liberal.

Como tem gente falando de swing e sexo por aí como se fossem os donos da verdade, acho um pouco precipitado falar de assuntos que você não tem total conhecimento, por isso…. antes de sair espalhando boatos que ouviram nos grupos de whatsapp, é importante tentar compreender e respeitar a decisão de cada um.

Muitos beijos quentes da Aline.

Eu já fui o presente de um casal! Quanta honra…

Ufa… ando tendo semanas corridas de muito trabalho e problemas, por isso estou tendo pouco tempo para contar-lhes novas experiências. Mas ontem, tive uma reunião de trabalho com uma grande amiga e relembramos um momento importantíssimo da nossa vida swinguer, rsrsrsrsrs.

A alguns anos atrás conheci pessoalmente um solteiro aqui em Porto Alegre que não era um total estranho, empresário, ele é proprietário de um comércio bem centralizado e bem conhecido aqui, mas eu não tinha intimidade com ele e não tinha contato, conhecia só de nome mesmo. Após uma postagem de uma foto minha bem linda no facebook, ele deixou uma mensagem privada e confesso que me surpreendi com aquele primeiro contato pois eu nunca esperava uma mensagem daquele cara.

Passados os dias e a insistência do candidato a uma transa, falei pra ele que rolaria nós dois num quarto de motel, desde que meu marido estivesse junto, para a surpresa total dele!

“Aline, eu nunca vivi uma situação assim! Eu só vejo isso na literatura, achei que nunca iria ter esse tipo de prazer…”

Não preciso nem dizer que ele topou né! Passamos meses fazendo “festinhas” particulares na minha casa, na casa dele e por algum tempo fiquei com ele de meu fixo. Não saiamos com mais ninguém, não precisava… aquele triângulo amoroso nos bastava.

Acontece que como eu sempre digo, os melhores sempre são casados, ou tem namoradas… Esse nosso novo amigo começou a namorar e junto com esse namoro aconteceu o afastamento de nós, super normal! Ele estava começando a se apaixonar e procurava um relacionamento duradouro e maduro assim como o meu e de meu marido.

Passados alguns meses, acho que até mais de um ano, esse amigo querido começou a fazer contato novamente, mas agora ele queria iniciar a nova namorada numa relação a três ou a quatro… rsrsrsrs uma vez swinguer sempre swinguer! Me chamou e depois de algumas mensagens me convenceu a sair com eles, eu estava meio receosa pois sentia medo de que aquela mulher não entendesse nossa relação de amizade com sexo e acabasse sentindo ciumes, e isso só iria estragar o namoro deles. Meu marido me liberou para ir fazer menage com o casal, nossa…

tumblr_static_tumblr_static__640

Foi meu primeiro encontro sozinha com um casal! Foi a primeira vez daquele casal… e foi inesquecível! De cara teve sintonia nos nossos olhares (meu e da amiga) e isso é fundamental para a transa dos três, uma vez que não há afinidade entre as mulheres, não acontece um sexo gostoso. Me senti ótima em ser o “presente” do casal, (ps. será que é assim que os solteiros se sentem conosco?!) os dois estavam ali esperando uma amiga para satisfazer suas fantasias, aquela mulher estava louca pra chupar uma bucetinha pela primeira vez, beijar e lamber, pegar nos peitos… qual mulher nunca teve esse pensamento?! E eu além de satisfazer aquele casal, ganhei uma amiga e parceira para toda a vida… Foi uma troca de prazer, de amizade, de experiências e enquanto existir tesão entre nós, nos divertiremos juntos, nós três ou nós quatro!!

Essa foi minha experiência de hoje! Mil beijos da Aline 😉

Estou encantada por outro homem! E agora?

Existe uma linha tênue entre a paixão e o inesquecível, um dos maiores medos dos integrantes casais do swing é de alguém perder o controle da situação quando envolve sentimento. O ciúmes e a insegurança do homem ou da mulher no relacionamento é o principal agravante para que o mesmo não se jogue nas delicias do relacionamento aberto.

Mas nós casal Aline e Tom, não temos mesmooo esse problema de insegurança, ciúmes e medo, uma boa parte dessa solidez no nosso casamento se dá por muitas experiências que já passamos (boas e ruins) e pela certeza de dependermos um do outro para a vida. Nos amamos, e nos jogamos nas nossas fantasias sexuais com muita confiança um no outro.

Mas confesso que semana passada fiz uma “festa” com um rapaz, transei loucamente com ele e isso me fez pensar no perigo das paixões repentinas, que balançam os casamentos… Ficamos mais de duas horas nos devorando um ao outro! Foi muito gostoso e tenho certeza que não foi só pra mim. Aquele homem, com gosto de Homem com “H” maiúsculo, chegou no quarto onde eu estava já esperando por ele, não falou muita coisa me beijou, me pegou na nuca, me prensou contra parede e daí pra frente eu só me lembro de gemer e sentir prazer

mundonovelas_Em nova maratona na cama, Atena pega Romero na mentira1

Ele não parou em nenhum momento de me comer, durante quase duas horas! Só interrompeu pra trocar a camisinha depois de fazer sexo anal comigo. Gozamos os dois, eu senti o gosto da porra quente dele na minha boca que chego a lembrar aqui agora, escrevendo…. Vestiu a roupa, disse que tinha sido ótimo me conhecer e que tinha valido a pena a espera (foram muitas tentativas de marcar antes de dar certo). Bem calado, sem carinhos, sem troca de histórias só olho no olho, intensidade e muito tesão.

Hoje aqui no silencio do meu escritório eu me lembro dele e de quanto foi GOSTOSO fazer sexo com ele, espero ve-lo em muitas festas ainda por aí e quem sabe dê certo novamente de estarmos numa mesma cama, e numa mesma sintonia pra poder curtir um ao outro como aquela noite da semana passada…. O caso é que isso que eu estou sentindo no momento, não é uma paixão por ele, é um encantamento por ter tido uma experiência única com uma pessoa linda e muito masculina, assim como eu gosto. Esse encantamento se tornou inesquecível, e por muitos anos eu lembrarei daquela noite com ele.

Apaixonar-se por alguém e uma mistura de encantamento, sintonia, química, prazer e tentativas de rever aquela pessoa todos os dias ou toda a semana. Tenho a liberdade de querer ve-lo e sair com ele quando sentir tesão, mas acho prudente e respeitoso com o meu casamento deixar esse fogo baixar para não causar problemas em meu relacionamento com meu marido e com os outros casais swinguers que convivemos. Fica a dica para aqueles que se entregam demais aos sentimentos e acabam sufocando o outro para novos encontros… Prudência será a palavra chave.

Um beijo enorme….