A vida sexual na gravidez.

Porque eu não escrevo a alguns meses? Bom! Preciso dar uma satisfação aos meus leitores e admiradores da página, depois de entrar no email e passar um turno inteiro respondendo a curiosidade de muita gente simpática, gentil que me deixa PUTA FELIZ com o carinho e em deixar claro que o meu ponto de vista quanto ao swing importa e interessa na vida de casa um.

Pois então minha gente safada, eu estou grávida! Faz alguns meses somente que descobri que neste ano de 2018 serei contemplada com o poder da maternidade. Nós dois, Aline e Tom estamos muito felizes com a novidade e começando a organizar nossa vida somente em função de mais uma pessoa em nossa casa, e como a grande maioria dos casais swinguers sabe exatamente no que eu estou falando, acredito fielmente que muitos casais irão se identificar com a esta fase que estamos passando.

Desconforto, dores, enjoos, a cabeça psicologicamente abalada porque o corpo irá mudar, as estrias irão aparecer, a celulite fica mais exposta, o aumento de peso na balança é um fator preocupante para as mulheres que estão sempre em busca de um corpo que agrade a si e desperte desejo nos homens e mulheres. Mas como na gestação existem muitos outros fatores para se preocupar, a vaidade vai ficando em segundo plano, penso que depois de nascer o bebe eu resolvo aos poucos tudo isso.

Falando em sexo, festas, pegação, gang bang, menage e outras práticas do swing, admiro muito os casais que enquanto passam por esta fase, estas 36 semanas não tão bem vividas mas fundamentais para a evolução do ser humano, conseguem sentir tesão praticar o sexo com mais pessoas e até mesmo com o seu parceiro numa boa. Eu aqui não consigo…

Para mim o sexo, a orgia, a putaria mesmo ela acontece quando primeiramente nós estamos nos desejando, as vezes que eu mais aprontei nas festas, mais transei e me entreguei de verdade a putaria, foi quando no momento que eu estava me arrumando em casa, me perfumando e me maquiando eu pensei ” Nossa Aline, hoje eu vou te comer todinha!” Num dia assim meus amigos, sorte de quem cruza meu caminho, porque eu não canso jamais! Oh saudade, rsrsrsrsrsr

images

Não consigo nos dias de hoje me imaginar assim linda, sensual e atraente, e não é porque eu fiquei feia não gente, pelo contrário! Eu estou uma grávida de parar o trânsito com minha barriguinha tão sonhada, mas existem no momento, muitas outras prioridades do que me sentir desejada. Ao mesmo tempo, eu sei que existem por aí muitos e muitos fetiches de homens com mulheres grávidas, conheço um casal que aos 8 meses de gestação fez uma gang bang com 5 homens e quando eles me contaram eu fiquei tipo “Oi?” escutei toda a história e ao final aplaudi de pé! Quanto fôlego.

Mas no momento, estou aguardando qual será a minha experiência sexual em grupo na gestação, e será que ela vai existir? Se acontecer, pode ter certeza que contarei em detalhes sórdidos aqui no blog tudo que eu senti e se aconselho vocês mulheres a terem também.

Muitos beijos da Aline!

O tesão da festa no motel! A cereja do bolo…

Quando a gente volta da festa totalmente acabada, cansada e um tantinho bêbada… é porque vai ter muita coisa pra relembrar no outro dia, muita história boa de muito sexo e talvez alguns amigos novos que não deu tempo de conhecer melhor e que agora vamos fazer de tudo pra ter um dia ou noite exclusivo pra eles… que delicia!

Parece que o dia posterior à festa, depois que acordamos o tesão é ainda maior ou o tesão continua igual sei lá, mas essa sensação boa e excitante do outro dia é muito bacana e dá pra pirar relembrando dos momentos, se masturbar é quase uma regra… quem nunca?! Os comentários no grupo de whatsapp sobre a festa, sobre você, quem transou com quem, ou com quantos transaram fazem a gente quase não desgrudar do celular pra não perder nenhuma frase dita.

Mas porque o tesão continua? Será que não transei o bastante? Será que não gozei o suficiente? Nada disso pessoal, é porque está muito recente ainda aquelas horas de prazer e quanto mais a festa foi boa, mais em êxtase você vai estar. A Serotonina responsável por fazer com que você se sinta importante e a Dopamina “mediadora do prazer” foram colocados no seu corpo em doses gigantescas então se prepare, se você for um casal vai ter muito sexo ainda e se você for solteiro, trate de arrumar um parceiro(a) porque só a punheta não vai resolver, rsrsrsrsrs.

A festa desse final de semana pra nós foi inesquecível, não tinha nada programado para irmos, eu até tinha visitas importantes para receber na minha casa, do nosso convívio social, mas desmarcaram de ultima hora e devido a muitos outros fatores que deram certo nós conseguimos confirmar presença com o casal organizador, assim de ultima hora. Essas festas no motel são as nossas preferidas, o grupo de pessoas é seleto a suite é ótima (já conhecemos a mais de 6 anos) e sempre parecem mais aconchegantes. Mas em especifico nessa festa de sábado passado, nós não conhecíamos o grupo inteiro, somente algumas pessoas e foi muito legal poder interagir e conhecer pessoas novas.

Chegamos ainda cedo, e na chegada cumprimentamos todos que já haviam chegado, nos apresentamos e escolhemos nosso cantinho pra ficar observando, de cara já vi que ia ser uma festa boa o clima era agradável, as pessoas receptivas a musica estava ótima de escutar o som bem limpo e dava pra conversar sem gritar. Os homens eram bonitos e educados, mas eu estava mesmo por ficar com uma mulher, fazia bastante tempo que não chupava uma bucetinha e tava achando que aquele dia seria o ideal, e foi!

Após algum tempinho e algumas tequilas, tirei a minha saia e fiquei só de calcinha dançando e rebolando a minha bunda para um solteiro que acabara de conhecer pessoalmente, já havíamos nos falado pelo whatsapp, mas a oportunidade de nos conhecer ao vivo foi aquele dia, felizmente! Havia outros amigos solteiros por perto com quem eu flertava e cobiçava sabendo que dali a frente iria estar sem roupa com eles. O tesão começou a subir em temperatura extrema então eu e o solteiro fomos para o canto da sinuca, um espaço que tem na suite com uma mesa de bilhar, tava escurinho eu tirei minha calcinha e recebi um oral deliranteeee daquele homem gostoso! Um ótimo inicio…

Saindo dali peguei alguns amigos solteiros, talvez quatro, e fui para uma das camas chupei muito pau gostoso naquele momento, um deles tinha um pau grosso e grande e meteu todo no meu cuzinho, em meio a muitas gemidas pedi a eles que metessem em todos os meus buracos (como na série Ninfomaníaca) e daí fiz uma DP bem pegada enquanto meu marido colocava o pau dele na minha boca, que delicia de foda, dois deles gozaram na minha boca e depois de algum tempo eu pedi pra sair, rsrsrsrs dar uma caminhada, me recompor.

4622

Mas a cereja do bolo foram as bucetinhas que chupei, duas esposas lindas que eu só conhecia virtualmente, mas que valeram toda a espera! Uma delas eu chupava enquanto meu marido fodia ela com toda a força que ela pedia… depois que me deliciei com o gosto dos dois, deixei eles sozinhos na cama transando enquanto o marido dela assistia. A outra loira linda que fiquei, estava na cama com o marido e mais dois amigos solteiros cheguei e logo que percebi que era ela pensei ” é hoje que vou te chupar” enfiei minha cabeça no meio das pernas dela e vou dizer gente, que mulher gostosa!! Ela rebolava e esfregava a bucetinha na minha língua como quem estava delirando com o meu oral e eu estava adorandoooo!!!

Saímos da festa mais tarde que esperávamos, e mais tarde do que costumamos ir embora, mas valeu muito cada minuto! Chegando em casa, meu marido me comeu bem forte relembrando o que tínhamos feito e me fez gozar como poucas vezes! Daí imagina né, o outro dia foi só pra se recuperar e ficar com mais tesão…

Que venham mais noites como essa! Beijoss da Alinee

 

 

 

 

Não curti o casal!! O que eu faço agora?

Pois é minha gente quando os interesses são os mesmos as pessoas se aproximam, isso é concreto e em qualquer parte de nossas vidas. Você já acordou em um dia normal do cotidiano, foi até a cozinha e percebeu que estava precisando comprar gás, pegou o numero que provavelmente está colado na geladeira e ligou para que entregassem na sua casa, esperou que a tele-entrega chegasse para colocar o gás lá para você, pagou agradeceu e seguiu sua vida, o interessante nessa simples historinha é o seguinte: vocês só se aproximaram porque um estava precisando do gás e o outro estava querendo vende-lo, havia um interesse mútuo para que toda essa logística acontecesse.

Aqui no swing não é diferente dessa pequena metáfora, as pessoas se aproximam por interesses iguais se eu gosto de fazer festa com solteiros, gang bang eu vou procurar amizades que curtam o mesmo prazer, porque não teria sentido eu me aproximar de casais que só queiram fazer troca de casal já que esse não é mais um desejo sexual nosso. Mas mesmo não me vinculando diretamente com casais que queiram troca de casal, nós tentamos ser educados, simpáticos e receptivos a eles porque o casal que quer troca tem esse fetiche e fantasia e devemos respeita-lo e deixar claro que essa não é a nossa praia.

O que causa estranhamento e dúvidas entre alguns casais e solteiros é a maneira com que aquela pessoa ou aquele casal que parecia ser tão bacana, bom papo, depois que acontece o sexo se afasta… apaga o numero da agenda ou bloqueia no whatsapp, na minha opinião teriam dois motivos mais concretos para essa pessoa ou casal que parecia ser tão demais na noite anterior agora de manhã simplesmente desapareceu.

 

  1.  Não foi tão demais assim para eles: a noite pode ter sido ótima para você, gozou transou muito, comeu ou foi comida se satisfez, fez o que pode para agradar e dar prazer aos outros parceiros, nada de errado com você… apenas a fantasia ou fetiche dos outros não era aquilo ali que você estava sentindo, e para não serem inconvenientes ou mal educados eles foram até o fim.
  2. Alguém sentiu ciúmes: Sim gente no caso de casal, alguém ali pode ter sentido um ciuminho de um momento só na transa, algum toque ou palavra que foi dita que despertou a insegurança de alguém. Dou exemplo da esposa que ficou com a pulga atrás da orelha quando viu que o marido chamou a outra de “tesão” de um jeito que ele tinha que dizer só pra ela…. quando chega em casa tem DR e qual é a primeira decisão?! ” Ta bem amor, vou excluir o numero deles pra ti ver que pra mim só foi sexo, que eu amo mesmo é só tu…” e aí babou, você foi removido da lista como se tivesse colocado o gás na cozinha e acabado o serviço.

Mas a não afinidade entre as pessoas para sexo pode acontecer por inúmeras razões, não gostou do cheiro, não curtiu a maneira com que ele tratou alguém, não achou legal o cabelo, achou baixinho ou baixinha, ou simplesmente não deu tesão… cada pessoa é única e seus pensamentos são diversos, difícil mesmo é encontrar alguém que pense exatamente como você, é quase uma missão impossível.

Talvez por isso a maioria tente ser educado, gentil, simpático exclusivamente para ficar uma boa impressão caso os interesses não sejam os mesmos para sexo naquele momento, porque a gente nunca sabe quando vai precisar trocar o gás da cozinha…

Beijos da Aline!!

Fantasia sexual com os salva vidas da praia!!

As noites de carnaval geralmente são um prato cheio para uma boa aventura sexual, aquele sexo sem envolvimento afetivo, aquele clima de sedução e sensualidade que existe no carnaval deixa a gente fraco e vulnerável a cair nas tentações… Não é a toa que muito homem descobre curtir um travesti ou uma transexual, porque no carnaval tudo pode e tudo se descobre.

Nossas experiências com carnaval foram poucas, primeiro porque não gostamos desses dias por causa do trânsito, se você sai no primeiro dia pega uma tranqueira enorme pra chegar onde quer, e quando vai voltar, outra tranqueira… Preferimos nos divertir perto de casa mesmo, da nossa maneira gostosa rsrsrsrsrr

Foram poucas mas tivemos nosso find de carnaval com mais três casais de amigos casados, que valeu pra muitos e muitos anos de experiências…

No segundo dia que estávamos posando na casa eu e minha amiga “Sandra” logo de manhã quando acordamos, fomos tomar um chimarrão a beira da piscina, nós duas e o marido dela, restante dos casais ainda dormia, eu estava de biquíni e uma saída de banho branca por cima fazia calor, Sandra estava de biquíni, um shortinho com uma regatinha bem solta por cima. Depois de conversar um pouco sobre a noite anterior e tomar nosso chimarrão do inicio do dia, decidimos sair pra caminhar um pouco na beira do mar, como faz bem para o corpo e a alma fazer aquela caminhada na praia, parece que voltamos renovada, com as energias recarregadas. Sandra então colocou um bonezinho para se proteger do sol e eu peguei uma caneta para prender o cabelo… Só quem tem um cabelão comprido e pesado sabe a utilidade que uma caneta tem para prender nosso cabelo pra cima! rsrsrssr

Logo que começamos nossa caminhada, na primeira guarita de salva-vidas eis que um daqueles homens morenos gostosos ficou observando nós duas passar, e a Sandra logo me disse…. “Eu conheço aquele rapaz ali, do ano passado!” Eu fiquei sem saber o que dizer mas continuamos a caminhar, sabendo que uma hora iríamos voltar por aquele mesmo caminho, o olhar do rapaz nos acompanhou até onde ele conseguiu. Por fim, depois de dar o tempo que tínhamos marcado, voltamos. Quando estávamos nos aproximando da mesma guarita já na volta da caminhada, o salva vidas estava na beira do mar, só esperando a Sandra voltar. Não deu outra né, era realmente a pessoa que ela já havia ficado no ano anterior, conversaram e então veio a troca de contato, mas como o salva vidas iria anotar o contato dela? Eis que surge mais uma nova utilidade para minha caneta no cabelo! hehehehehe saquei a caneta, deixando meu cabelão cair todo sobre minhas costas, ele me olhou me observou, agradeceu e anotou o numero da Sandra na palma da mão.

vkUafwK

Depois disso tivemos a noite dos salva-vidas na nossa piscina! Simmmm, vieram cinco deles gente!! Cinco salva-vidas, um deles levou o violão e por algum tempo tocou para nós, ficamos naquele clima de luau maravilhoso… Imaginem, 4 casais todos na beira da piscina tomando uma cervejinha, 5 solteiros lindos, um deles tocando violão e aquele clima unia nossa turma e deixava a noite mais gostosa ainda do que já prometia ser.

Bebemos, cantamos, dançamos e depois fomos para o salão de festas onde a festa ia tomar forma de sexo pegado! Foi uma suruba, literalmente saímos de lá já eram 5 da manhã… todos cansados da noite inesquecível de carnaval que tivemos, e com muitas amizades novas pra colocar na nossa lista de experiências. Agora não me perguntem como aqueles rapazes foram pra guarita no outro dia! rsrsrsrsrsr

Essa história vai para meu amigo “Travesso” que me pediu pra contar mais sobre nossos dias de carnaval. Beijoss amigoooo

 

Carnaval, swing e a Gang Bang “dazamigas”

Existe uma amizade forte entre os casais swinguers que criam uma afinidade em seus gostos, e fantasias, prazeres. Nós temos um grupo de casais que se conhece a muito tempo, frequentam e organizam festas mistas durante todo o ano.

Um certo ano atras decidimos alugar uma casa no carnaval, 4 casais… três loiras e uma morena. Quatro mulheres lindas e cheias de charme em uma casa com piscina, numa praia movimentadíssima do litoral gaucho, imagina… Carnaval 5 dias de folia, amizade, bebida e churrasco, sexo e pegação, nossaaaaa foram bem legais aqueles dias e noites.

Durante o dia, aproveitavamos a piscina, o sol e fazíamos contatos novos para a noite que chegaria, todas as noites tinham solteiros novos e amigos antigos que vinham nos visitar, nós quatro (mulheres) ficamos com a missão de convidar e atrair os boys para nossa casa…

Em especial, conheci um amigo novo… Aquele cara que além de transar comigo e com as minhas amigas, ele deixou claro que não queria ser nosso amigo apenas aquelas noites de carnaval, e sim amigo para todo o resto de nossa vida. Nesse meio swing, existem pessoas que passam pela nossa vida e deixam marcas, boas e ruins….Mas seguindo, corpo lindo, um pau maravilhoso, uma pegada surpreendente, beijo quente, aquela voz no ouvido que enlouquece, uma boca maravilhosa…

Fizemos sexo no salão de festas que tinha ao lado da piscina. No primeiro momento estavam lá no salão somente eu, meu marido e ele… mas em seguida chegou uma das minhas amigas e ficamos nós 4. Como a casa estava sempre recebendo novos amigos, os gemidos do salão de festas eram um convite para o prazer, logo foram chegando todos que estavam na casa, era um verdadeiro tesão aquele salão de festas, enquanto eu estava com meu amigo no sofá, uma das minhas amigas estava com dois homens na mesinha de centro, e no cantinho num colchão improvisado estava minha terceira amiga com mais três. Aquele clima de sacanagem e safadeza tomou conta do nosso primeiro dia de mini férias.

tumblr_lusv0hgy6J1qe3dq2o1_500

Transamos durante alguns minutos (eu e esse amigo especial) e depois fomos pra area da piscina, tomar uma cervejinha e dar um tempo para renovar as energias. Quando retornei ao salão de festas, estavam lá uns 9 amigos, era meio escuro… tinha uma luz colorida giratória em uma tomada no canto, somente aquela luz iluminava as pessoas que estavam ali, puro tesão… Conversavam entre si e sorriam, o som estava alto quase que como numa festa, uma das minhas amigas estava transando com o marido dela no sofá e alguns deles olhavam, outros passavam a mão. Quando eu entrei já fui em direção a outro solteiro que ainda não havia ficado, chupei e sentei no pau dele enquanto isso outro veio e colocou o pau na minha boca, meu marido estava sentado na cadeira bem a minha frente, voyer como ele gosta. Decidi fazer DP , mas como tinham muitos ali naquele momento, fiz um rodizio… kkkkkk cada um comia meu cuzinho um pouco enquanto eu ficava sentada num só amigo. Foi uma delícia!!! Quando eu já estava bem cansada, levantei e chamei minha amiga que estava fumando na beira da piscina. “Help Brenda! Por favor, não estou dando conta mais” hehehehehehe. Amigas são pra essas coisas mesmo!!!

Carnaval inesquecível! Beijos amigosss e amigasss

 

Swing

Swing é um estilo de vida, uma maneira que o casal encontra de viver abertamente seus desejos e fantasias sexuais, casais adultos juntando-se com outros da mesma filosofia para compartilhar amizade e intimidade sexual. Percebo que cada dia aumenta a procura dos casais pelo menage, o desejo de uma terceira pessoa na relação sexual é quase unanimidade, seja ele homem ou mulher, o menage faz a imaginação de muitos casais fluir na hora do sexo.

O respeito e o swing andam juntos.Se você quer iniciar nesse meio tem que estar certo que nada funciona sem o respeito ao próximo, o desejo de um casal não é necessariamente o desejo do outro e mais, o desejo de um casal hoje pode não ser o mesmo desejo de amanhã, uma vez que você vai experimentando sensações novas, essas se renovam. Por isso, seja sempre compreensivo com a fantasia do outro, escute, aceite e respeite a opção de cada um.

Algumas fantasias específicas e mais comuns entre casais:

  • Exibicionismo: Bater fotos e fazer filmagens apenas dos dois (marido e mulher) e espalhar em grupos de whatsapp ou sites de relacionamento até mesmo em perfil criado no facebook, somente para satisfazer o ego dos dois e assim deixar a transa deles mais gostosa. Ostentar o próprio corpo e seu relacionamento.
  • Voyeurismo: Assistir a sua mulher ou o seu marido transar com outra pessoa, ou outras pessoas. Não participar somente olhar e sentir prazer com isso, é mais comum os maridos serem voyeur, até hoje vi duas ou três mulheres gostarem dessa prática.
  • Ménage: A mais comum entre os desejos sexuais secretos do casal, apimentar a transa falando em outra pessoa tocando aqui ou ali no seu corpo talvez seja mais normal do que você pensa. O ménage consiste em “mistura a três” então seja um casal e mais uma pessoa, ou três pessoas solteiras.
  • Gang Bang: Não é tão comum entre os casais essa fantasia, que representa uma cena onde uma mulher mantém relações sexuais com três ou mais homens, um homem mantém relações sexuais com três ou mais mulheres, muito visto em filmes pornográficos. Esta fantasia requer muito diálogo e confiança entre o casal.

Cada fantasia é uma prática diferente, mas o swing abrange tudo isso e disponibiliza aos casais escolhas sexuais que podem fazer sua vida conjugal ser plena, satisfatória e evoluída.