Sexo anal o prêmio das mulheres para os homens.

Eu quero que o homem se dedique para merecer fazer sexo anal comigo…

Que o sexo anal é uma preferência entre os homens, isso a gente já sabe. Mas porque esse assunto ainda é tão pouco curtido entre as mulheres? O fato de nós mulheres não nos sentirmos tão atraídas ainda pelo sexo anal, deve-se pela dificuldade de chegarmos ao ponto de desejarmos. Dói sim, não é qualquer pau que entra direitinho, tem posições que são melhores, e tem homens que não fazem por merecer né minha gente.

Para mulher que aceita o sexo anal, mesmo que não curta muito, tal prática é o complemento do que já está ótimo. Para o casal, namorado ou casado, o sexo anal demora a virar uma rotina e as vezes nunca vira, porque para ela fazer tal “sacrifício” é quase uma prova de amor para o parceiro, qual homem nunca ouviu da sua parceira ” Ta bem, hoje porque você mereceu, eu vou te dar a bundinha bem gostoso…” ou então “to com tanto tesão hoje meu amor, que até minha bundinha vai sentir teu pau entrar…” Para as mulheres é a compensação de algo, é o prêmio, é o fazer seu parceiro especial em determinado momento. Existe sim mulher que gosta muito, curte igual o sexo tradicional, mas estas são minoria e quando você homem encontrar uma dessas, aproveite!

A impressão que eu tenho em relação aos homens, é que eles se sentem dominadores naquele momento, especiais, únicos, tem o controle total da situação e isso excita muito sem falar que a bunda empinada de uma mulher é algo lindo né , quase uma pintura. Um link que descreve bem o que os homens pensam sobre o sexo anal é este: “cérebro masculino”

Fato relevante que venho percebendo no meio swing, é como os homens estão cada vez mais insistentes no sexo anal desde o primeiro encontro com a esposa ou a solteira nas casas de swing ou em festas particulares. Já vi muitos solteiros excitados chegarem na esposa ou na solteira e falar que está louco pra “comer a bundinha” dela antes mesmo de começar as preliminares. Como assim gente? Se já falamos que para mulher é um momento especial, que dói, que tem toda uma preparação antes, como que antes de transar de verdade o cara já quer comer o cú? Acho que alguma coisa está errada…

O meio swing está ficando cada dia mais comum, cada vez mais os casais querem ter novas experiências, buscam relacionamentos abertos, e com isso abriu-se muito a porta para aqueles que tentam disfarçar seus reais desejos. Casais que o homem é bi , encontram no swing uma maneira de ficar mais próximo de homens sem que ele precise se expor. Solteiros que curtem transar com as transexuais, ou que são gays, encontram no swing uma maneira de se relacionar com os casais e chegar ao seu objetivo sem “sair do armário” e por aí vai a imaginação de cada um.

Então homens se vocês querem ter aquela noite inesquecível com um sexo anal gostoso, sem conhecer a mulher antes, ter intimidade, ser merecedor, com certeza não será chegando na esposa e pedindo a bundinha dela assim de cara, se a gata te chamou a atenção, vá em busca de transar com ela primeiro com tudo que ela tem direito, lambidas e chupadas são a vontade, até porque homem de verdade gosta de bucetinha, curte sentir molhadinha e quando conquista o sexo anal , domina a situação e deixa a transa quase sublime.

Fiquei até molhada com essa ultima frase, rsrssrs Beijos da Aline!

 

Com que roupa eu vou? Looks das festas de swing.

O que vestir? Em tempos de selfies, fotos no espelho, essa dúvida que toda a mulher e os homens mais vaidosos tem todas as vezes que começam a se arrumar para sair a algum lugar importante. As mulheres tendem a se preocupar mais nesse aspecto que os homens, por um motivo bem conhecido, a competitividade com as outras mulheres. De certo modo é válido dizer que sempre existe, mesmo que no subconsciente, essa pequena intenção de surpreender, impressionar as amigas e os demais participantes da festa com seu look ousado, super elegante ou despojado.

No swing não é diferente, falando especificamente de nós mulheres, essa dúvida de que roupa eu vou, que sapato vou usar, vou repetir essa calcinha, será que uso sutiã?! é frequente de quem vai para noite e quer causar!

Uma coisa que eu mais vejo entre os erros e acertos na noite do swing são:

  1. Roupas muito pequenas para o tamanho da pessoa. Se você veste 40 não vai adiantar ou resolver você querer usar uma saia 38, além de não ficar bem no seu corpo não vai ficar nada atraente.
  2. Muita vulgaridade. Existem lojas de roupas que vendem looks direcionados para pessoas que vivem do sexo, esses tipos de vestidos, saias, croppets, calças são extremamente “gritantes”, expõe tudo que você tem de mais lindo no seu corpo unicamente porque quem trabalha com sexo tem que mostrar o produto. O que não é o caso de quem frequenta as festas de swing, lá nós não estamos vendendo nada, não é uma vitrine, estamos na festa para satisfazer nossas fantasias junto com o parceiro. Mas mesmo estando solteira, a mulher não precisa expor suas vantajosas “qualidades” tem outras maneiras mais sensuais de mostrar o que você quer.
  3. Querer usar algo que você não se enquadrou só para satisfazer o parceiro ou a amiga, também não vai fazer você se sentir bem e aflorar a sua sensualidade, uma vez que se você não se gostar, vai ficar mais difícil de você fazer o outro gostar.

Saber qual a lingerie que mais cai bem no seu corpo também é fundamental para atrair mais espectadores naquela hora que você fica semi nua no pole dance ou na pista da casa de swing, existem milhões de opções de calcinhas, de vários modelos e com certeza um deles vai lhe chamar a atenção e fazer com que outros te olhem. Eu particularmente prefiro as bem pequenas, mas não aquelas que só tem um fio atrás, acho que deixam a minha bunda bem redondinha e pedindo uns carinhos.

sexy_woman_black_lingerie-1680x1050

 

Vestidos e saias facilitam o andamento da noite, bodys são sensuais porque no meio da madrugada você pode andar só com ele e esquecer da saia, decotes para deixar o seio levemente a mostra são instigantes e chamam a atenção, “tomara que caia” chama a mão do outro para o seu peito e são ótimos aliados na hora do amasso, sem preocupação eles simplesmente caem. Aquela calça jeans que você adora é super bem vinda, uma meia calça arrastão que está super em alta faz o seu look ficar ousado e muito sexy. Uma coisa é certa, quando saímos para uma festa de swing podemos abusar mesmo do look para atrair o alvo, o decote bem profundo a saia bem curta, o batom forte o perfume, tudo vai ajudar na conquista do que você quer e se a festa for temática como: máscaras, bruxas, méxico, october, carnaval dentre muitas, tente ir com um look que tenha a ver com o tema, fica mais divertido e faz com que você já chegue no clima.

O salto alto é indispensável e fundamental, toda mulher que quer impressionar tem que usar aquele salto! Seja ele fino, grosso ou plataforma aquele declínio do pé da mulher faz toda a diferença no andar, no caminhar, no chegar…

O legal é que não precisamos apelar para a vulgaridade nas casas de swing, usar roupas que são usadas pelas pessoas que trabalham com sexo, vai fazer com que passe uma imagem errada do swing. Abuse da criatividade, use acessórios, invista na lingerie mas acima de tudo se sinta bem, porque no final das contas a festa de swing é quase uma balada normal daquelas que seus filhos frequentam, só que podemos chegar com uma roupa e a qualquer momento da festa ficar só com metade dela.

collage3

 

O tesão não tem hora marcada!

Olá pessoal!! Hoje eu vim falar pra vocês sobre como começamos a festa (o sexo mesmo) quando já estamos no motel ou na casa de swing ou no encontro propriamente dito em sua casa, na rua, no carro em qualquer lugar.

Tenho percebido que difere muito do tempo de experiência no meio swinguer para que a festa mesmo inicie, vou dar exemplo: um casal com experiência no meio a mais de anos chega na festa já sabendo o que quer, quando o tesão surgir o sexo vai acontecer, seja na mesa, na cama, no sofá, no cantinho escuro, onde for. Já o casal ou solteiro iniciante, fica observando e aguardando a hora certa, tem receio de intimar alguém para o “vamo ve” porque pode ser que a pessoa não goste e ele como iniciante não quer queimar o filme logo de primeira.

Por esse motivo as pessoas tem duvidas quando chegam na festa e o clima ta legal, pessoas bebendo, dançando se divertindo, algumas mulheres se beijando e se agarrando, alguns homens também, mas certa hora se perguntam: ” Que horas vai começar o vuvo-vuvo?” porque o clima ta show, êxtase a mil mas sexo que é o principal motivo de estarem ali não ta rolando… porque?

As casas de swing percebendo essa demora ou travamento, criaram então o genioso show de stripper, marcaram uma hora exata, na maioria das vezes 01:30 a 02:00 para que o show masculino ou feminino aconteça, partindo da ideia que depois que os strippers fizessem a parte deles os integrantes da festa se soltam e vão para os quartos esquentar de verdade com bastante sexo. E digo, funciona!

As  pessoas geralmente precisam de um ponto de partida para iniciar algo, para tudo na vida, tipo… “depois do almoço eu vou ao banco” “quando chegar em casa eu tomo banho” “vou estudar depois de jantar” “vou a academia pela manhã” e então “vamos para os quartos depois do show”. Mas porque??

Não precisamos de uma hora exata para iniciar nada na nossa vida, principalmente quando se trata de tesão, você está na festa conheceu um cara ou uma linda mulher estão no clima se entrosando, bateu aquele puta tesão… porque tem que esperar algo acontecer? Não precisa… não deve! A festa precisa de pessoas com atitude, ninguém vai te criticar ou chamar sua atenção e dizer: “calma, espera o show começar para transar.” só se a casa tiver alguém muito sem noção para te dizer isso.

TESÃO NÃO TEM HORA MARCADA, ninguém precisa esperar certa hora para ir tomar banho, ir pra academia, ir ao banco. Quando as oportunidades surgem em sua vida você tem que agarrar, e no swing casais, solteiros e solteiras com atitude são reconhecidos e admirados por muita gente.

Pense nisso e boa festa!

 

 

Festa no motel ou em casa de swing?

Já a alguns anos decidimos eu e o Tom frequentar as festas no motel promovidas por um grupo de casais amigos que curtem gang bang e menage, confesso que preferimos hoje em dia ainda, as festas no motel. Isso não quer dizer que não curtimos as casas de swing pelo contrário, além de curtir bastante ainda indicamos para os novos casais e solteiros que iniciem indo a uma, porque existem mais benefícios do que malefícios iniciar no meio conhecendo uma casa.

Assim como todos os empreendedores e comerciantes, as casas de swing também tiveram que passar por modificações em sua estrutura e sua administração depois do desenvolvimento rápido e constante da internet. As mensagens de whatsapp ou SMS tornaram tudo mais fácil e acessível, fica muito mais pratico hoje marcar um encontro sem precisar do intermédio das casas de swing, como era a tempos atrás, por esse motivo também a interação entre as pessoas, conversar mesmo pessoalmente ficou menos comum, uma vez que existem casais e solteiros que preferem escrever do que falar olhando olho no olho (isso é em tudo).

Só que para manter uma casa de swing em pé, funcionando com tudo em cima e depender de um público muito variado e que está sempre em constante renovação é uma tarefa muito difícil, por isso talvez algumas casas comecem a pecar em alguns pontos que são fundamentais para a fidelização dos bons swinguers. Cobrar preços muito caros nas bebidas, prometer cortesias e não cumprir, deixar a desejar no som, não caprichar muito na limpeza principalmente na parte dos quartos, não ter uma pessoa disponível para ser a anfitriã da festa aquela que vai apresentar o lugar caso chegue um novato, são detalhes que vão fazendo com que a gente perca o interesse de voltar a frequentar e assim buscar outras alternativas para realizar nossas fantasias.

Há ainda casas de swing que em uma tentativa de chamar mais publico, colocam garotas de programa para se exibir na pista e no pole, dão cortesias a travestis e transexuais para chamar a atenção de casais e solteiros com outros tipos de fantasias, não menos gostosas diga-se de passagem. Mas isso faz com que a maioria dos casais de swing raiz se afaste e então procure por outras alternativas de festas, como as de motel.

As festas no motel são sempre mais objetivas, pra começar que uma suíte para encontros grandes em motel, giram em torno de 70 a 80 pessoas de lotação máxima o que já é bastante gente, mas fazendo um encontro com no máximo 50 pessoas já é uma delicia!! Mais objetiva, mais aconchegante e com mais pessoas em comum, a festa tende a ser mais comunicativa, o organizador já convidou e fez uma lista com homens e mulheres que provavelmente compartilham dos mesmos interesses então isso facilita para o esquentar do clima. Sobre os preços de festas no motel, isso pra mim é praticamente igual… o que realmente diferencia ambas as festas são as pessoas.

Lembrando que existem casas de swing que proporcionam festas exclusivas assim como as de motéis e que quando acontecem são S E N S A C I O N A I S!

Escolher entre frequentar uma festa no motel ou uma casa de swing vai depender exclusivamente de você e de suas preferências, tanto uma como a outra são organizadas e movimentadas por pessoas ou grupos, então escolha bem em qual você quer se encaixar e aproveite para transar e gozar muito!!

Beijoss da Aline!!

 

Sou solteiro e quero transar com as casadas!

Eu quero participar do mundo swing! Eu gostaria de transar com casais! Como faço para sair com uma casada?

Dúvidas frequentes que recebo por e mail ou whatsapp e pra falar bem a verdade são difíceis de responder, primeiramente porque cada pessoa tem um jeito de pensar e uma maneira de agir mas podemos tentar seguir uma linha de comportamentos para ter sucesso na conquista da mulher, vou falar em específico para os solteiros.

Você amigo solteiro que tem entre 18 e 25 anos (salvo raríssimas exceções) não sabe nada ainda sobre uma vida conjugal, sobre os desafios que um casal tem no seu dia a dia em sua vida social, com essa idade o que você tem que saber é quantas cadeiras da faculdade quer fazer, qual o carro que vai comprar ou trocar, qual festa vai ir no final se semana, quanto pode gastar e muito importante! Se você tem uma namorada, tem prioridade em faze-la feliz e satisfazer os desejos sexuais dela, ser fiel ao relacionamento que você tem com ela e se dentro desse relacionamento surgir a ideia ou conversa sobre um menage aí sim meu amigo você vai se realizar. Mas se mesmo assim você quiser participar do mundo swing, tenha cuidado e paciência.

Um solteiro que não namora está livre na pista frequentando baladas e tem um grupo de amigos parceiros procura, inevitavelmente, sexo sem compromisso e é aí que o swing entra nas conversas. Um encontro na casa de alguém, algumas cervejas e o assunto vem a tona… – ” Cara, conheci uma mulher casada que transa com um monte de homens e o marido sabe…” Pronto! O assunto ta na roda e agora quem tiver mais curiosidade e maturidade vai saber digerir a informações e procurar ou não essa tal mulher, ou um lugar que possa encontrar mais delas, um monte delas… já pensou que paraíso?

O homem maduro seja ele qual idade estiver sabe prontamente como abordar e conversar com qualquer mulher, seja ela casada ou solteira, do swing ou fora dele. Mas para quem não tem nenhuma experiência dentro do swing, chegar em uma casa de swing ou fazer um perfil no site de relacionamento requer algumas observações que vai fazer você ter sucesso nas futuras amizades e transas inesquecíveis.

  • Seja educado, não fale grosserias do tipo comparar alguma parte do corpo dela com a parte de algum animal “que bunda de égua” “que peitos de vaca” “que anca” gente… parece mentira, mas recebo elogios assim! Isso além de ser totalmente fora de uma cantada é broxante para a maioria das mulheres, porque há quem goste em algum lugar do mundo, porque do contrário não daria certo nunca… Será que alguma vez deu certo?!
  • Para um perfil de relacionamento swing, use fotos atraentes e não somente do seu “companheiro” fotos só de pau não despertam o interesse nas mulheres, nós queremos ver mais de vocês… suas mãos, sua boca são instigantes e fazem termos curiosidade de ver o resto.
  • Se você tem um perfil no site de relacionamento e está querendo sair com as mulheres que você julga serem interessantes, faça comentários nos posts visualize as fotos e curta, se faça presente nas atualizações e na primeira oportunidade de estar na mesma festa que ela se apresente, saia do virtual e seja direto…
  • Se você for a alguma festa de swing, encontro com mais casais e solteiros e chegar no “vamo ve” sentir que o clima esquentou que vai rolar sexo na frente de todo mundo e não se sentir a vontade, broxar… não se preocupe! É mais comum do que você pensa os solteiros não se soltarem de primeira, ou talvez não se soltarem nunca para sexo assim pra todo mundo ver, isso não quer dizer que você é ruim de cama ou broxa, isso pode querer dizer que você prefere uma suruba ou um sexo mais particular. E se mesmo assim, sozinho num quarto de motel com um casal você não funcionar, daí talvez você não sirva para o swing… mas isso só com alguns encontros mal sucedidos você vai saber, não desista de primeira.
  • Se a vontade do cara é transar com mais mulheres somente, sem marido sem mais solteiros tipo uma exclusividade, você o rei da mulherada então procure somente as solteiras, nas festas elas estão sempre lá desfilando beleza e simpatia, as mulheres solteiras também existem no site mas são em menos quantidade.

Assim como numa conquista pelo whatsapp,um flerte na cafeteria ou uma cantada na fila do banco ganhar a confiança e a atenção de uma mulher requer educação e criatividade, no swing não é diferente a questão é que as casadas vão vir sempre com o marido junto e você tem que ter segurança e tesão para realizar as fantasias deles e se beneficiar com isso.

Espero ter ajudado vocês homens maravilhosossssss

 

Camisinha no swing… Usa ou não usa?

Sabe aquela festa gostosa, aquela noite que está tudo se encaminhando para ficar na história das suas vidas, você vê o cara flerta com ele seduz, dança se aproxima começam a conversar e por fim decidem sair juntos para finalizar a noite a sós com muito sexo safado…

Então isso acontece muito todos os dias e com muita gente por aí, e até então beleza tudo certo, mas quando você chega lá no quarto do motel e percebe que não tem camisinha ou não tem camisinha suficiente?! Sim, porque você não vai para o motel com uma gata ou um gato pensando em dar umazinha só né?! Então sempre tenha mais no seu carro.

Gente isso é muito comum e não deveria ser, preservativo tem que fazer parte da sua bolsa ou carteira assim como o documento de identidade não é só uma questão chata a ser discutida, é prioritariamente uma questão de saúde! Desde quando usar camisinha no swing ou fora dele é besteira??

Somos do swing e posso afirmar que a grande maioria dos casais e solteiros swingueiros que frequentam a muito tempo o meio usam preservativo em todas as suas festas. Essa é uma pergunta que recebo frequentemente entre os leitores e pessoas que conheço pessoalmente em festas e pelo site de relacionamento no qual temos perfil. Simmm!! A camisinha é importante e fundamental, uma sugestão que eu faço aos homens que querem pegar todas as mulheres casadas que estão com vontade é procurar e comprar a camisinha que mais agrada o seu grande “amigo”. Tenho alguns fatores importantes que vão fazer você homem se sentir mais a vontade com a camisinha:

  1.  Comprar a camisinha do seu gosto, vai dar mais confiança naquele momento que você tira ela do bolso pra colocar. Isso passa segurança para o parceiro(a) também e nada mais excitante que a mulher achar que está totalmente protegida nos braços do boy.
  2. Abuse do mercado de preservativo!! Tem camisinha com gosto de tequila, caipirinha, frutas, chocolate e até neon que vai fazer o seu pau parecer a espada do He Men… bom humor também é muito excitante e pode fazer alguém se apaixonar.
  3. Uma camisinha improvisada ou aquela do motel pode fazer você broxar na hora que você está tentando coloca-la. Isso é comum e muito frequente, acredito que quebra o clima na hora que você levanta, procura a camisinha, rasga a embalagem e tenta descobrir o lado para colocar, dai aquela borracha apertada parece que vai degolar o pau, quando vê pronto já broxou… Por isso, leve a sua de costume de casa!
  4. TROQUE A CAMISINHA HOMEM, quando você está na suruba e tem mais que uma mulher por favor homens lindos!!! Cada mulher vai ser devorada com uma camisinha diferente, não é porque você está protegido que vai poder ir metendo em todo buraco que conseguir ver… respeite a suruba!! rsrsrsrs

Não se envergonhe de comprar camisinhas para deixar na sua bolsa, vá na farmácia e compre algumas de gostos bem inusitados que você queira provar, deixe lá junto com seu kit de maquiagem que você carrega junto com sua carteira e não esqueça… sempre leve uma plus ou extra G, vai saber se não vai ser hoje que você vai encontrar aquele pau maravilhoso grosso e grande que faz sua calcinha molhar só de imaginar!!!

Sejamos despejados, conscientes e avançados…

 

 

Sem frescura, eu vou transar com você!

Me encanta o clima da noite a empolgação de se arrumar para sair, pensar em cada detalhe do look da maquiagem, dar uma conferida no sapato melhor e nem sempre o mais confortável, tomar um banho bem gostoso passar o hidratante no corpo escolher o perfume….

Finalmente sair de casa para se divertir e torcer para que a noite seja boa o suficiente para valer cada momento de preparação, a sensação que a noite baladeira traz é de flerte, namoro e sexo admito que adoro essas três coisas.

Na ultima sexta, eu fiz toda essa preparação para sair torcendo para que a festa não me decepcionasse. Saímos para uma festa swing, em uma casa de swing que frequentamos e gostamos de ir, apesar de a maioria de nossos amigos não frequentarem tão assiduamente essa casa, nós temos um casal de amigos que promove festas lá que são nossos amigos reais, aquele tipo de casal que você quer ter perto sempre e se eu for começar a falar deles não vou chegar no real sentido desse post de hoje, rsrsrrs (eu amo vocês Luxuria e Ostentação)

Mas então a festa não me decepcionou, lotada e cheia de gente bonita estava todo mundo se divertindo, bebendo e se conhecendo sem hipocrisia. Estava eu escorada no bar quando avistei 3 rapazes novos e visivelmente “virgens” do meio swing, bem tímidos eles conversavam entre si perto do pole dance quando eu chamei a promoter da festa e falei -“Precisamos ajudar esses rapazes!” Fomos então lá e nos apresentamos, então eu tive a certeza, eles não eram solteiros do swing, eram curiosos que moravam em outro estado e estavam lá pra saber e entender como os casais se divertem na noite liberal.

A primeira pergunta deles para mim foi -” Como funciona isso aqui?!” Com paciência fui resumindo para eles o tipo de fantasia que cada casal poderia ter, alguns gostam do dark room, outros transam somente nos quartos privados com chave, tem aqueles que gostam das cabines onde as pessoas de fora podem espiar mas a intenção de todas as pessoas que vem aqui é fazer sexo, vocês podem interagir com os casais ou com as mulheres e jogar abertamente com eles porque se elas gostarem de vocês, sem sombra de duvidas vocês poderão ir transar lá no andar de cima. Flertar é livre a sedução é sempre bem vinda, só uma coisa que eu não gosto nas pessoas tanto lá na noite quanto na vida social é a mentira…

Mentir faz com que o enganado crie esperanças falsas, ou acredite em uma história ilusória, isso não é bom para ninguém e não faz ninguém crescer como pessoa, eu poderia ter mentido para aqueles rapazes virgens na festa sexta e dizer que ali todas as mulheres eram putinhas e que eles poderiam chegar em qualquer uma que teriam sexo gostoso, mas eu preferi resumir que cada casal tem sua fantasia e que era importante eles saberem em qual delas poderiam se encaixar.

Não precisa haver mentira ou falsas palavras e frases no meio swing, uma vez que estamos ali para se divertir e se libertar do cotidiano tão corrido e exaustivo que estamos vivendo, falar uma inverdade para alguém no meio da transa na tentativa de agradar ou despertar mais tesão vai lhe causar constrangimento depois, porque a mentira tem perna curta mais ainda depois que você goza.

Seja verdadeiro sempre com seus parceiros, faça muito sexo mas não invente mentiras na tentativa de agradar… Se o sexo for gostoso ele vai se repetir naturalmente, tesão por alguém estimula a auto estima e deixa tudo mais colorido.

Uma semana de muito tesão para todos vocês… Beijosssss

Eu vou fazer você gozar…

A nossa preocupação em satisfazer o outro na hora da relação sexual não pode ser um incomodo e também não pode deixar de existir. Precisamos saber até que ponto nós precisamos fazer a outra pessoa gozar

Quando estamos sozinhos com outra pessoa em um quarto de motel, ou em nossas casas o tesão de estar com aquele cara que tanto trocamos mensagens ou whatsapp está a flor da pele, basta um olhar ou um toque, um beijo quente pra estourar aquela vontade toda de ficar pelada, chupar e lamber fazer aquele sexo gostoso que fica em nossos pensamentos por dias, e não adianta tentar disfarçar ou fazer de conta que esqueceu porque é só lembrar daquele momento que os corpos se encostam que os calafrios vem, as pernas contraem e até o couro cabeludo arrepia, e quando isso acontece gozar é só o êxtase da situação, é o topo do monte Everest e essa subida não é desgastante nem doída, a gente vai pra lá correndo e cantando sem fazer esforço.

Exatamente esse momento de sexo gostoso e sem complicações, sem frescuras infelizmente é muito raro, tem muita coisa que precisa dar certo e acontecer para que tenhamos uma transa assim de ficar no pensamento. Normalmente no meio swing, o sexo acontece para satisfazer uma fantasia de alguém, então precisa de muita combinação para que todas as pessoas envolvidas saiam digamos “satisfeitas”, mas quando o universo conspira a favor, é SENSACIONAL.

A coisa que mais me realiza no sexo é ver o homem gozar, acho que isso é bem comum entre todos, tanto homem quanto mulher se satisfaz em ver o parceiro no topo da subida, mas esse meu desejo de fazer isso acontecer não pode ser um encomodo e nem uma condição para que o sexo aconteça, tem que ser natural… e se não acontecer não quer dizer que a transa foi ruim, só indica que fatores múltiplos externos estão junto ali com vocês pelados.

É comum assistir os homens gozando no swing, é bem raro ver as mulheres… porque mulher precisa de mais que penetração, mulher precisa de toque, cheiro, massagem e as vezes até carinho e ali no meio da cama grande com quase 10 homens na tua volta querendo só penetrar, precisa de muito tesão pra isso acontecer. Então homens solteiros e casados, lá na festa swing tente satisfazer as suas fantasias e seus prazeres, e se você encontrar alguém que faça questão de ter mais tempo sozinhos, troque contato e vão se encontrar a sós em um quarto.

Ali na casa de swing a fila anda;

Ninguém está procurando amor estão buscando sexo, prazer e com sorte vocês encontraram amigos;

Se jogue na transa de o seu melhor, para que o outro pense que vai conseguir gozar;

Não force ninguém a fazer o que ela não quer;

Saia para o swing com intenção de gozar, deixe o desejo de fazer o outro ter um orgasmo para quando vocês estiverem a sós e com mais intimidade, assim você vai conseguir satisfazer mais pessoas e terá oportunidade de ter aquele sexo gostoso inesquecível.

Beijossss pessoal!

 

Vou largar o meio, serei um ex swinguer…

Durante o decorrer do nosso tempo de casal swinguer, já conhecemos muita gente muitos casais casados, casais de namorados, solteiros, casais inventados só para matar a curiosidade de conhecer uma balada liberal, pessoas com fantasias sexuais bem peculiares e algumas digo até bem estranhas rsrsrsrsr.

Uma coisa nesse tempo todo é fato e certeza, não existe ex swinguer…. Tenho amigos solteiros que conheci a 5 anos por exemplo e que vão e vem na minha agenda com números de celular diferentes porque começam a namorar, colocam fora aquele numero e somem, ficam anos em um namoro são fiéis mas quando acaba pegam a agenda antiga e procuram quem?! Aquelas mulheres casadas que já encontraram em algum momento no swing, vocês amigas que estão lendo esse post agora, tenho certeza que vão se familiarizar com esse caso.

Conheço casais que eram felizes em suas vidas de swing, eram ótimos na cama mas infelizmente por motivos pessoais vieram a se divorciar, mas nem por isso largaram o swing. Cada um seguiu a sua vida liberal solteiro ou tentando achar uma cara metade que curtisse também o meio, isso porque o mundo liberal é excitante…

“Vamos sair do meio, não fazemos mais swing!”, até hoje não conheci nenhuma pessoa que cumpriu essa frase, rsrsrsrs. Isso porque swing vem linkado a prazer, sexo, liberdade e satisfação então tentar deixar para traz uma experiência tão cheia de atributos é como desaprender a andar de bicicleta… quase impossível!

Portanto ex swinguer é uma lenda é como ex jogador de futebol, por mais ruim que ele tenha sido na sua vida profissional ativa, ele sempre vai ser lembrado por ter sido de algum time…

 

A troca de casal que não deu certo! Porque?!

Lá no inicio da nossa vida swinguer nossos interesses eram somente casais, tudo era mais fácil sabe, a gente marcava de sair na sexta ou sábado ia para uma casa de swing e lá na casa, já tínhamos muitos amigos. Nos encontrávamos na pista de dança ou no balcão do bar e ali começava a noite, bebendo dançando e tirando a roupa todos os casais se enturmavam a amizade era instantânea e quase sempre acabava em sexo no andar de cima, lá nos quartos onde a coisa esquenta de verdade…

Mas tem casais que ficam amigos da gente ali, temos afinidades conversamos e bebemos juntos mas o sexo não rola na casa de swing, são particularidades que variam de casal para casal, há aqueles que gostam daquele clima de azaração mas pra fazer sexo mesmo tem que ser privado, marcar fora dali num motel ou em suas casas para que se soltem e aproveitem de verdade o que o sexo a 4 pessoas proporciona.

Conhecemos certa vez um casal desses, ficamos super amigos durante a noite e conversando percebemos que tínhamos afinidades, a esposa era linda…. exuberante, loira, com um corpo em forma, não muito alta, seios grandes e tinha um beijo muito gostoso, o marido era gente boa mas não tinha qualidades de beleza que valeria citar, um homem alto, magro e simples mas os dois formavam um casal muito bacana. Marcamos então de fazer uma jantinha na casa deles, que não era na mesma cidade onde moramos mas nunca nos importamos de pegar a estrada para ver os amigos.

Uma sexta feira, logo que chegamos em casa do trabalho comecei os preparativos pra sair, depilação unha, dar aquela escovada no cabelo, deixar os filhos com a baba e se organizar pra sair no horário porque eu detesto chegar atrasada aos lugares, acho desrespeito com quem está aguardando. Chegamos na casa deles e foi tudo ótimo, nos recepcionaram super bem, jantamos e rimos, bebemos tudo que casais de amigos fazem ao natural e daqui a pouco o clima começou a esquentar….

Tirei a roupa dela e parti pra cima, beijei lambi chupei, coloquei ela de quatro e dei uns tapinhas na bunda, passava as mãos em suas coxas enquanto ela chupava o meu marido, empinei bem a bunda dela e lambi a bucetinha e o cuzinho, tudo se encaminhava para ser uma noite fantástica! Meu marido então tomou a frente com ela e meteu bem gostoso eu via os dois transarem com muito fogo, que delicia!

Então eu estava ali com o marido dela, o beijo dele não era bom… acredito até hoje que ele não curti ou não curtia na época chupar então ele nem tentou, tentei de diversas maneiras fazer com que ele “subisse” sabe né gente, bati punheta, chupei me esfreguei subi pra cima dele, me mostrei, falava coisas no ouvido, tentei estimular ele em ver a esposa ali dando para meu marido com todo o fogo que ela tinha e nada. Até que depois de algumas tentativas e eu quase desistindo ele enfim, ficou duro! Pronto para o sexo comigo, fiquei de quatro e ele começou…. gente, não adiantou não tinha sintonia o rapaz era muito interessado, persistente mas não deu química, fazer o que?!

Com jeitinho eu falei pra ele que precisava tomar uma agua e fui pra cozinha…. deixei os três lá se divertindo e percebi depois de algum tempo observando, que ele tava curtindo mesmo era ver a esposa dele sendo devorada pelo meu marido. Não deu química entre nós dois, mas ele ainda sim continuava sendo aquele cara gente boa, educado e super receptivo.

 

Fotograma_Afinidades

Isso para nós dois como casal foi uma experiência ruim, por isso hoje sempre que casais vem até nós com duvidas de como iniciar sua esposa, ou como achar o casal perfeito para fazer swing nós questionamos muito sobre “qual é o real desejo dos dois?”. Saber exato qual é a fantasia do casal é o que vai definir se a transa vai ser boa ou não. Adoramos conhecer esse casal, mas para sexo não foi aquele êxtase que todo mundo espera, valeu a história que hoje tenho para compartilhar com meus leitores.

Beijos e boa sorte nos seus encontros….