Diferentemente dos relacionamentos normais, o casal swing pode ter a liberdade de marcar encontros e sair sozinho, ou seja, sem que seu companheiro esteja junto. Isso acontece quando já existe um grande entrosamento entre o casal e também um combinado entre as partes. No nosso caso, além de haver uma confiança e uma cumplicidade ímpar, existe também o tesão!

Sim, aqui em casa ele sente tesão em saber que estou me arrumando em casa, me perfumando, me depilando para ir me encontrar com alguém, ou “alguéns”… Ele gosta, isso excita e deixa a nossa relação mais gostosa. Por esse motivo, sempre faço as vontades dele marcando encontros nos dias mais inesperados, deixo para pegar ele de surpresa.

Certo dia, um amigo me chamou no whatsapp com aquele velho começo de conversa: – Tudo bem? Quanto tempo?

Aquela foto dele de janela já me despertou imaginações… Lembrei a ultima vez que transávamos numa cabine de casa de swing, eu sentada no pau do meu marido e ele me comendo por traz.. ah ! aquela famosa DP (dupla penetração) ele no cuzinho e o marido na bucetinha, e para apimentar mais ainda, tinham uns 5 caras espiando pelos furos da cabine e pedindo “deixa eu entrar!” “que delicia” “que morena linda” … Ui ui ui

Passado esse mar de lembranças, comecei a dar assunto para ele já pensando “vai que a noite rola uma coisinha”, fomos nos lembrando de momentos juntos, nos atualizando de como estavam nossas vidas, trocando fotos atuais e quando vimos.. pronto! Marcado o encontro para mais a noite. Liguei para o marido e falei: -Vou chegar mais tarde em casa hoje… já com aquele ar de malícia.

Chegamos no motel, eu e o amigo começamos aquelas preliminares deliciosas, ele chupa aqui, eu chupo mais ali lá.. tirei a roupa dele, ele pegou nos meus seios com força, me beijou, me virou de bruços e me bateu na bunda, enfiou os dedos na minha bucetinha molhada me chamou de puta safada, puxou meus cabelos e me virou de frente. Pegou a camisinha e deu pra eu colocar nele com a boca, tentei fazer o que ele pediu.. mas confesso que não consigo fazer isso ainda (tenho que treinar mais) rsrsrsr. Então ele me ajudou e veio pra cima de mim, enfiou aquele pau enorme em mim com força, eu gemia alto, muito tesão!

Transamos por horas… ai que delicia! Pedi pra ele gozar na minha boca que era pra eu sentir aquele calor do tesão que ele sentia por mim, e sente até hoje! 😉

Sou apaixonada por esse amigo, pelo tipo de transa que temos e pela honestidade que ele tem comigo e com meu marido. Nunca saímos sem permissão e quando saímos sempre é inesquecível. Que as boas energias me permitam a ter sempre amigos e amigas assim por perto!

Beijos amigos queridoss!!!

 

4 Comments

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s